#Leite: Cooperativas buscam exportar para a China

#Leite: Cooperativas buscam exportar para a China

A partir da plataforma de negócios com as cooperativas, o Estado incluiu novos itens, neste caso, o leite e seus derivados.

O governador Tarso Genro assinou ontem (09/07) documento que estabelece uma plataforma de negócios sino-brasileira entre o Rio Grande do Sul, China e quatro cooperativas gaúchas. A ação tem como objetivo apoiar, por meio de medidas práticas, como identificação de produtos, certificação, exposição, agilidade e comunicação, a incursão de empresas gaúchas no mercado chinês, especialmente na zona de livre-comércio de Xangai. Participam do consórcio as cooperativas Piá, Languiru, Cosulati e Ecocitrus. O ato ocorreu no Palácio Piratini.

Segundo Marcelo Lopes, presidente do Badesul, instituição responsável pelo memorando de entendimento entre os parceiros, “a iniciativa é uma maneira organizada de se planejar as exportações”. “Nós construímos um modelo de negócios que aproximou o Rio Grande do Sul do maior mercado potencial do mundo.” Lopes destacou que a pauta de exportações estabelecida anteriormente com a China era mínima, restringindo-se a poucos produtos, como tabaco e soja. A partir da plataforma de negócios com as cooperativas, o Estado incluiu novos itens, neste caso, o leite e seus derivados.

“Percebemos o interesse do governo, que enxergou nosso potencial. Queremos agarrar esta oportunidade para os nossos produtos. Estávamos tentando ingressar no mercado chinês há mais de dois anos,” declarou o presidente da Cooperativa Languiru, Dirceu Bayer.
Para o presidente da Cooperativa Piá, Gilberto Kny, “o desafio é extraordinário”. “Faz com que nossos produtores se tornem mais competitivos, pois não adianta ter peixe se a gente não sabe pescar”, disse, referindo-se ao apoio institucional do governo por meio da plataforma de negócios com a China. “É um apoio fundamental para a agricultura e economia familiar,” completou.

O documento trata da Plataforma de Facilitação de Comércio e Investimento entre China e Brasil, tendo o governo do Estado do Rio Grande do Sul como parceiro por meio do Sistema Financeiro Gaúcho – coordenado pela Secretaria de Desenvolvimento e Promoção do Investimento (SDPI) -, com a participação da Secretaria da Agricultura, Pecuária e Agronegócio, cooperativas Agropecuária Petrópolis Ltda. (PIÁ), Languiru Ltda., Sul-Riograndense de Laticínios Ltda (Cosulati) e dos Citricultores Ecológicos do Vale do Caí (Ecocitrus).

A plataforma visa ao fortalecimento das relações comerciais e dos investimentos sino-brasileiros e procedimentos para cooperação e implementação dos objetivos econômicos recíprocos. A principal motivação para parceria está na ampliação do comércio com a China, de forma a agregar valor aos produtos para exportação, possibilitar a exportação de produtos de pequenas e médias empresas e também o desenvolvimento de artigos específicos para o mercado chinês, além de atrair investimentos para o Rio Grande do Sul.
Fonte: Jornal do Comércio RS – Online

 

Toda reclamação originada das informações contidas no site de eDairy News será submetida à jurisdição dos Tribunais Ordinários do Primeiro Distrito Judicial da Província de Córdoba, República Argentina, sediado na Cidade de Córdoba, com exclusão de qualquer outro local, incluso o Federal.

*

Critérios na moderação de comentários em termos de publicação e Notícias de produtos em todas as suas publicações.

  • No sé considerarán insultos de qualquer tipo em contra de qualquer persona, sea usuario, moderador ó editor. Apenas se aceitar denuncias realizadas com nome e apelido do autor do comentario, previa confirmação de moderador.
  • Críticas destructivas infundadas e gratuitas, expressões de mal gusto, sean ofensivas, racistas ou xenófobas.
  • Hacer SPAM, (Insertar vínculos de páginas web sem links para o tema, correções eletrônicas, etc ...)
  • Comentários que não tem sentido com a nota no setor lácteo.

Related posts


Top