#Leite pasteurizado de cooperativa é recolhido a pedido do MP em MG

#Leite pasteurizado de cooperativa é recolhido a pedido do MP em MG

 
Laudos apontaram soro e cloreto de sódio além do permitido. Derivados continuam sendo vendidos em São Sebastião do Paraíso.

 

Lotes do leite pasteurizado da Cooperativa Agropecuária Paraisense (Coolapa), de São Sebastião do Paraíso (MG), foram recolhidos na tarde desta terça-feira (13) das prateleiras de supermercados e mercearias que comercializavam o produto na cidade. De acordo com o Ministério Público, a decisão do recolhimento dos produtos teve como base os resultados de laudos que apontaram que o soro e o cloreto de sódio, utilizados na fabricação, estavam muito acima do permitido pelo Ministério da Agricultura.

Ainda segundo o MP, os testes comprovaram que o produto está impróprio para o consumo. Amostras do leite teriam sido recolhidas para análise depois de uma denúncia anônima. O ministério público também pediu a suspensão da produção e fornecimento do leite. Os derivados do leite, como manteiga, requeijão, mussarela, entre outras mercadorias podem ser comercializados normalmente.

A cooperativa terá 10 dias para apresentar defesa. O advogado da Coolapa informou que o procedimento de defesa será apresentado antes desse prazo.

http://g1.globo.com/mg/sul-de-minas/noticia/2014/05/leite-pasteurizado-de-cooperativa-e-recolhido-pedido-do-mp-em-mg.html

 

 

Toda reclamação originada das informações contidas no site de eDairy News será submetida à jurisdição dos Tribunais Ordinários do Primeiro Distrito Judicial da Província de Córdoba, República Argentina, sediado na Cidade de Córdoba, com exclusão de qualquer outro local, incluso o Federal.

*

Critérios na moderação de comentários em termos de publicação e Notícias de produtos em todas as suas publicações.

  • No sé considerarán insultos de qualquer tipo em contra de qualquer persona, sea usuario, moderador ó editor. Apenas se aceitar denuncias realizadas com nome e apelido do autor do comentario, previa confirmação de moderador.
  • Críticas destructivas infundadas e gratuitas, expressões de mal gusto, sean ofensivas, racistas ou xenófobas.
  • Hacer SPAM, (Insertar vínculos de páginas web sem links para o tema, correções eletrônicas, etc ...)
  • Comentários que não tem sentido com a nota no setor lácteo.

Related posts


Top