#Leite:Com inauguração da fábrica, Cooplam busca qualificação

#Leite:Com inauguração da fábrica, Cooplam busca qualificação

 

Com inauguração da fábrica, Cooplam busca qualificaçãoO Sistema OCB-Sescoop/AM promove nesta quarta-feira (21), quinta-feira (22) e sexta-feira (23), o Curso de Cooperativismo voltado aos associados da Cooperativa dos Produtores de Leite da Região De Autazes. As aulas, ministradas pela consultado do Sistema, professora Sandra Maria Martins dos Santos.

A demanda do curso foi apresentada ao Sistema OCB-Sescoop/AM, pelo próprio presidente da cooperativa, Manuel do Rosário Maia dos Santos, que credita à cooperativa o início de novos tempos, uma vez que no início de janeiro, o grupo de cooperados inaugurou depois de dez anos, a maior fábrica de laticínios do Amazonas, situado na comunidade Vila do Novo Céu.
De acordo com o superintendente do Serviço de Aprendizagem do Cooperativismo Brasileiro, no Amazonas, Adriano Trentin Fassini, a solicitação do presidente da cooperativa demandava novas orientações sobre o papel do cooperativismo na geração de renda e melhores condições de vida do grupo de trabalhadores.

“O presidente ratificou a intenção de receber o nosso apoio para profissionalizarmos ainda mais os cooperados, fazendo-os mais envolvidos e conscientes no processo de fortalecimento da entidade em que atuam”, salientou Fassini.

Fonte: Sistema OCB-Sescoop

Toda reclamação originada das informações contidas no site de eDairy News será submetida à jurisdição dos Tribunais Ordinários do Primeiro Distrito Judicial da Província de Córdoba, República Argentina, sediado na Cidade de Córdoba, com exclusão de qualquer outro local, incluso o Federal.

*

Critérios na moderação de comentários em termos de publicação e Notícias de produtos em todas as suas publicações.

  • No sé considerarán insultos de qualquer tipo em contra de qualquer persona, sea usuario, moderador ó editor. Apenas se aceitar denuncias realizadas com nome e apelido do autor do comentario, previa confirmação de moderador.
  • Críticas destructivas infundadas e gratuitas, expressões de mal gusto, sean ofensivas, racistas ou xenófobas.
  • Hacer SPAM, (Insertar vínculos de páginas web sem links para o tema, correções eletrônicas, etc ...)
  • Comentários que não tem sentido com a nota no setor lácteo.

Related posts


Top