Louis Dreyfus comprará companhia holandesa de lácteos com foco em mercados emergentes

#Louis Dreyfus comprará companhia holandesa de lácteos com foco em mercados emergentes

O trader global de commodities Louis Dreyfus deverá comprar o grupo de lácteos da Holanda, Ecoval, por um valor não divulgado para cobrir a crescente demanda nos paí­ses emergentes.

A Louis Dreyfus disse na segunda-feira que o acordo para comprar a Ecoval do grupo belga, Prominter, e da firma holandesa, CV Datrex Beheer, deverá ser fechado na segunda metade do ano. A medida veio com a Louis Dreyfus querendo aumentar seus investimentos – a empresa tem planos de gastar US$ 7 bilhões nos próximos cinco anos, fazendo mais aquisições.

Na semana passada, a Louis Dreyfus revelou planos para a divisão de açúcar e etanol da brasileira Biosev em uma oferta que poderia aumentar até US$ 548 milhões, enquanto também está obtendo uma participação na firma Felda Global, de US$ 3,1 bilhões, como parte de uma aliança com a produtora de óleo de palmeira da Malásia.

A Ecoval teve vendas de mais de US$ 530 milhões no ano passado e negociou cerca de 250.000 toneladas de produtos lácteos. “Essa aquisição é um passo significante na plataforma de lácteos da Louis Dreyfus Commodities (LDC) e nos elevará para ser um player importante nos mercados globais de comércio para um portfólio diverso de produtos lácteos”, disse o diretor operacional da LDC, Ciro Echesortu.

Os negócios combinados de lácteos terão um “foco especial em servir uma crescente demanda em mercados emergentes como ísia, ífrica e América Latina”, disse ele.

A LDC, braço comercial do grupo Louis Dreyfus, teve vendas de US$ 59,6 bilhões em 2011.

A reportagem é da Reuters

Toda reclamação originada das informações contidas no site de eDairy News será submetida à jurisdição dos Tribunais Ordinários do Primeiro Distrito Judicial da Província de Córdoba, República Argentina, sediado na Cidade de Córdoba, com exclusão de qualquer outro local, incluso o Federal.

*

Critérios na moderação de comentários em termos de publicação e Notícias de produtos em todas as suas publicações.

  • No sé considerarán insultos de qualquer tipo em contra de qualquer persona, sea usuario, moderador ó editor. Apenas se aceitar denuncias realizadas com nome e apelido do autor do comentario, previa confirmação de moderador.
  • Críticas destructivas infundadas e gratuitas, expressões de mal gusto, sean ofensivas, racistas ou xenófobas.
  • Hacer SPAM, (Insertar vínculos de páginas web sem links para o tema, correções eletrônicas, etc ...)
  • Comentários que não tem sentido com a nota no setor lácteo.


Top