Lucro em pequenas porções – eDairyNews Últimas notícias
Brasil |26 agosto, 2016

Indústria | Lucro em pequenas porções

Supermercados e indústrias estão com a faca e o queijo na mão. A produção e o consumo de queijos especiais têm crescido apesar da crise.

Queijos especiais – Supermercados e indústrias estão com a faca e o queijo na mão. A produção e o consumo de queijos especiais têm crescido apesar da crise. No primeiro caso, a alta foi de 2,9% no ano passado sobre 2014, alcançando 1,105 milhão de toneladas. O dado é da Abiq (Associação Brasileira das Indústrias de Queijo) e considera apenas as empresas com selo SIF (Serviço de Inspeção Federal).

Já o consumo no varejo alimentar subiu 38,5% em valor, segundo a Kantar Worldpanel. Movimentou R$ 174 milhões em março de 2016 sobre igual mês de 2015. No período, o tíquete médio chegou a R$ 26,61 – alta de 34,9%. Parte dessa alta se deve ao fato de que os produtos são vendidos fracionados. Isso reduz o preço por unidade, o que incentiva a compra. O consumo também é impulsionado pelo crescimento das refeições em casa, devido à crise econômica. Com isso, o brasileiro tem procurado tornar esses momentos mais “gourmet”. É o que afirma Luís Renato Bueno, diretor da unidade de negócios de queijos da Vigor. Ele acrescenta que ainda há uma base grande de pessoas que não conhecem os queijos especiais, o que indica grande potencial de crescimento para a categoria. Nesse cenário, os produtos nacionais vêm conquistando espaço. Entre os motivos estão as iniciativas dos fabricantes. A Vigor, por exemplo, criou há seis meses uma unidade de negócios para queijos, com o objetivo de desenvolver o consumo dos especiais. A principal estratégia é educar o consumidor sobre momentos de consumo utilizando o ponto de venda e as redes sociais. Segundo Bueno, o shopper está ávido por conhecer mais a categoria. “Vamos apontar, por exemplo, os tipos mais indicados na culinária e os que combinam com vinhos e com as cervejas especiais”, explica ele. “Queremos mostrar ao consumidor que é possível fazer um misto-quente com gouda, comer hambúrguer com gorgonzola ou colocar lascas de parmesão na macarronada”, ressalta. Bueno diz que, em 2015, a Vigor cresceu dois dígitos na categoria, mas acredita que há condições de chegar a três. Notícia na íntegra

Qualquer reivindicação decorrente das informações contidas no site eDairyNews será submetida à jurisdição dos Tribunais Ordinários do Primeiro Distrito Judicial da Província de Córdoba, República Argentina, com sede na cidade de Córdoba, com exclusão de qualquer outra jurisdição, incluindo a Federal.

Deja un comentario

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

Notas relacionadas