Maduro vai definir preço máximo de leite em pó e outros itens na Venezu

Maduro vai definir preço máximo de leite em pó e outros itens na Venezuela

 

Novo sistema tem como objetivo enfrentar as sanções impostas pelos EUA e combater a inflação

O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, anunciou um novo sistema de preços máximos para 50 produtos e serviços fundamentais, que espera aplicar em breve, em uma medida de combate à inflação. Ele também vai estabelecer a criação de um sistema de pagamentos baseado em uma cesta de moedas estrangeiros, com a finalidade de enfrentar as sanções econômicas impostas pelos Estados Unidos.

Em um discurso realizado na sessão da governista Assembleia Constituinte, o presidente venezuelano disse que serão iniciadas consultas a produtores e comunidades para determinar os “preços acordados e os preços máximos de venda à população” de 50 produtos e serviços fundamentais, entre os quais se inclui o leite líquido e em pó, macarrão, peixe, trigo, maionese, sabonete, azeites, entre outros.

Leia mais: Criticar governo na internet pode render 25 anos de prisão na Venezuela

Maduro admitiu que os mecanismos de regulação “estão esgotados” e se faz necessário um novo sistema de preços. “Todos os preços estão inflacionados a mais de 1.000%”, disse.

Por outro lado, o presidente indicou que decidiu criar um sistema de pagamentos baseado em uma “cesta de moedas” estrangeiras que se utilizará para vender e cobrar os produtos internacionais. “Se nos perseguem pelo dólar, vamos jogar com o rublo russo, como yuan, com o iene, com a rupia indiana, com o euro”, expressou Maduro, ao assegurar que a medida busca enfrentar as sanções econômicas impostas por Washington no mês passado.

Leia mais: De improviso na higiene a pedidos de refúgio: a vida dos venezuelanos na ditadura de Maduro

A cesta de moedas começará a operar de forma imediata para as operações do sistema de aquisição de divisas conhecido como Dicom.

Crise

A Venezuela vive uma crise econômica e política desde 2014, mas que se intensificou em abril deste ano. Sem abastecimento de alimentos, os venezuelanos procuram alternativas para sobreviver, tendo que produzir em casa por exemplo, produtos essenciais como sabonetes e pasta de dente. Além disso, mais de 160 pessoas já morreram em conflitos envolvendo forças de segurança, apoiadores e opositores do governo de Maduro.

As informações são da agência de notícias Associated Press.

Tags: , ,
Toda reclamação originada das informações contidas no site de eDairy News será submetida à jurisdição dos Tribunais Ordinários do Primeiro Distrito Judicial da Província de Córdoba, República Argentina, sediado na Cidade de Córdoba, com exclusão de qualquer outro local, incluso o Federal.

*

Critérios na moderação de comentários em termos de publicação e Notícias de produtos em todas as suas publicações.

  • No sé considerarán insultos de qualquer tipo em contra de qualquer persona, sea usuario, moderador ó editor. Apenas se aceitar denuncias realizadas com nome e apelido do autor do comentario, previa confirmação de moderador.
  • Críticas destructivas infundadas e gratuitas, expressões de mal gusto, sean ofensivas, racistas ou xenófobas.
  • Hacer SPAM, (Insertar vínculos de páginas web sem links para o tema, correções eletrônicas, etc ...)
  • Comentários que não tem sentido com a nota no setor lácteo.

Related posts


Top