Maggi negocia limite à importação de lácteos com ministro do Uruguai – eDairyNews Últimas notícias
Brasil |29 agosto, 2016

Indústria | Maggi negocia limite à importação de lácteos com ministro do Uruguai

O ministro da Agricultura, Blairo Maggi, discutirá neste domingo (28) com o ministro da Agricultura do Uruguai, Tabare Aguerre, medidas para estabelecer limite à importação de produtos lácteos pelo Brasil.

A ideia é dar seguimento a tratativas pela fixação de cotas, assim como já é realizado com a Argentina. O pedido foi encabeçado pelo Sindicato da Indústria de Laticínios do RS (Sindilat) durante audiência neste sábado (27), durante a 39ª Expointer, em Esteio.
O presidente do Sindilat, Alexandre Guerra, entregou ofício ao ministro relatando as dificuldades impostas pela concorrência do leite uruguaio ao mercado gaúcho.
Só nos primeiros sete meses de 2016, o Brasil importou 101,8 milhões de quilos de produtos lácteos contra 38,68 milhões de quilos no mesmo período de 2015. O resultado da balança comercial (importação menos exportações) representa um total de 92 dias de produção do RS. Em 2015, eram apenas 44 dias.
Maggi admitiu que há um problema a ser enfrentado e pediu sugestões. No documento entregue pelo Sindilat, foram repassados diversos dados que fundamentam a necessidade de um tratamento diferenciado à produção de laticínios do sul do Brasil. O Sindilat quer o uso de um gatilho a ser acionado quando os preços caírem abaixo do valor de mercado. No Estado, mais de 100 mil famílias atuam na atividade.

http://jcrs.uol.com.br/_conteudo/2016/08/especiais/expointer_2016/518149-maggi-negocia-limite-a-importacao-de-lacteos-com-ministro-do-uruguai.html

Qualquer reivindicação decorrente das informações contidas no site eDairyNews será submetida à jurisdição dos Tribunais Ordinários do Primeiro Distrito Judicial da Província de Córdoba, República Argentina, com sede na cidade de Córdoba, com exclusão de qualquer outra jurisdição, incluindo a Federal.

Deja un comentario

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

Notas relacionadas