Maior empresa de laticínios da Austrália registra queda sem precedentes

Maior empresa de laticínios da Austrália registra queda sem precedentes de 22% nas vendas

A Murray Goulburn (MG), maior companhia de laticínios da Austrália, anunciou uma queda sem precedentes de 22% nas vendas em relação a 2016
A MG descontinuou sua linha de fórmula infantil e atualmente está fechando três instalações de processamento em um esforço para recuperar um pouco dos $370.8 milhões perdidos em lucros desde 2016 até o ano fiscal de 2017.

“A MG teve uma experiência anual difícil como resultado de uma redução significativa no consumo de leite e de condições sazonais adversas”, disse a companhia em uma declaração para a Australian Stock Exchange.

A alimentação vegana e os leites à base de vegetais conquistaram um número crescente de consumidores australianos nos últimos anos, segundo a VegNews.

Em seus relatórios de tendências mais recentes, o Google informou que o termo “vegano” foi o mais procurado em 2016.

Nos Estados Unidos, a Elmhurst Dairy – que era a empresa de laticínios mais antiga de Nova York antes do seu fechamento em 2016 devido às baixas vendas – se transformou na companhia de leites vegetais Elmhurst Milked em Março para capitalizar a crescente indústria de produtos livres de crueldade.

www.anda.jor.br/2017/08/maior-empresa-de-laticinios-da-australia-registra-queda-sem-precedentes-de-22-nas-vendas/

Toda reclamação originada das informações contidas no site de eDairy News será submetida à jurisdição dos Tribunais Ordinários do Primeiro Distrito Judicial da Província de Córdoba, República Argentina, sediado na Cidade de Córdoba, com exclusão de qualquer outro local, incluso o Federal.

*

Critérios na moderação de comentários em termos de publicação e Notícias de produtos em todas as suas publicações.

  • No sé considerarán insultos de qualquer tipo em contra de qualquer persona, sea usuario, moderador ó editor. Apenas se aceitar denuncias realizadas com nome e apelido do autor do comentario, previa confirmação de moderador.
  • Críticas destructivas infundadas e gratuitas, expressões de mal gusto, sean ofensivas, racistas ou xenófobas.
  • Hacer SPAM, (Insertar vínculos de páginas web sem links para o tema, correções eletrônicas, etc ...)
  • Comentários que não tem sentido com a nota no setor lácteo.

Related posts


Top