Marfrig assume mais cinco fábricas da Brasil Foods

#Marfrig assume mais cinco fábricas da Brasil Foods

A Marfrig e a BRF – Brasil Foods concluí­ram hoje a segunda etapa do acordo de troca de ativos celebrado pelas duas empresas. Com isso, a BRF transferiu para a Marfrig mais cinco fábricas e o controle da Excelsior Alimentos.

Com isso, a Seara Foods, unidade de aves e processados da Marfrig, assumiu as unidades de São Gonçalo dos Campos (BA), Salto Veloso (SC), Tríªs Passos (RS) Bom Retiro do Sul (RS) e Santa Cruz do Sul (RS).

“Além dos produtos Rezende, Excelsior, Confiança e Wilson, estas plantas passarão a produzir também produtos com as especificações da marca Seara”, afirmou, em nota, o diretor de marketing da Seara, Antonio Zambelli.

As unidades em questão integram o conjunto de ativos  — dez fábricas, oito centros de distribuição e onze marcas — que a BRF precisou se desfazer para que o Conselho Administrativo de Defesa Econí´mica (Cade) autorizasse sua criação, fruto da incorporação da Sadia pela Perdigão, em 2009.

No míªs passado, a Marfrig já havia assumido tríªs fábricas da BRF e quatro centros de distribuição. Em agosto, estão previstas mais duas fábricas e outros quatro centros de distribuição.
Fonte:  Valor Econí´mico

Tags: ,
Toda reclamação originada das informações contidas no site de eDairy News será submetida à jurisdição dos Tribunais Ordinários do Primeiro Distrito Judicial da Província de Córdoba, República Argentina, sediado na Cidade de Córdoba, com exclusão de qualquer outro local, incluso o Federal.

*

Critérios na moderação de comentários em termos de publicação e Notícias de produtos em todas as suas publicações.

  • No sé considerarán insultos de qualquer tipo em contra de qualquer persona, sea usuario, moderador ó editor. Apenas se aceitar denuncias realizadas com nome e apelido do autor do comentario, previa confirmação de moderador.
  • Críticas destructivas infundadas e gratuitas, expressões de mal gusto, sean ofensivas, racistas ou xenófobas.
  • Hacer SPAM, (Insertar vínculos de páginas web sem links para o tema, correções eletrônicas, etc ...)
  • Comentários que não tem sentido com a nota no setor lácteo.

Related posts


Top