Para medir o leite com precisão - eDairy News

Para medir o leite com precisão

A sócia-proprietária Maria Lissette Lairihoy Silva relata que, em muitos países, os produtores são pagos pela qualidade do leite, reconto bacteriano (micróbios no leite) e reconto de células somáticas (SCC), indicador da saúde da ubre da vaca. “Acreditamos que, num futuro próximo, o leite do produtor brasileiro seja pago baseando-se nos mesmos critérios”, destaca.
Maria Lissette afirma que o desenvolvimento do produto também é decorrência da necessidade que foi constatada do lançamento de um sistema de controle que proporcione maior eficiência para mensurar e identificar os produtos em sua fase primária de produção. Com a participação no Tecnova RS, a empresa levou adiante o projeto, que consiste em um sistema inovador de coleta de amostragem (2 frascos de 50ml por produtor) e com a amostra identificada por códigos de barras e lacrada. O compartimento das amostras é selado, permitindo a abertura só por pessoas autorizadas.
O equipamento também possui GPS para obtenção de posicionamento geográfico global e identificação do produtor. O sistema será gerenciado por um software que salvará os dados no hardware do caminhão e realizará a transferência em tempo real (via celular) às cooperativas. Todo o processo será feito sem nenhuma interferência humana, garantindo a confiabilidade.
http://jcrs.uol.com.br/_conteudo/2016/09/especiais/tecnovars/522797-para-medir-o-leite-com-precisao.html
Tags: ,
Toda reclamação originada das informações contidas no site de eDairy News será submetida à jurisdição dos Tribunais Ordinários do Primeiro Distrito Judicial da Província de Córdoba, República Argentina, sediado na Cidade de Córdoba, com exclusão de qualquer outro local, incluso o Federal.

*

Critérios na moderação de comentários em termos de publicação e Notícias de produtos em todas as suas publicações.

  • No sé considerarán insultos de qualquer tipo em contra de qualquer persona, sea usuario, moderador ó editor. Apenas se aceitar denuncias realizadas com nome e apelido do autor do comentario, previa confirmação de moderador.
  • Críticas destructivas infundadas e gratuitas, expressões de mal gusto, sean ofensivas, racistas ou xenófobas.
  • Hacer SPAM, (Insertar vínculos de páginas web sem links para o tema, correções eletrônicas, etc ...)
  • Comentários que não tem sentido com a nota no setor lácteo.

Related posts


Top