Melhoramento genético permite consumo de leite até mesmo para quem

Melhoramento genético permite consumo de leite até mesmo para quem tem alergia

Característica no DNA do animal reduz chances de alergia. Saiba mais

Reprodução

Os produtores de leite brasileiros começaram a explorar um mercado promissor: a produção de leite de vaca permitido até mesmo para consumidores que possuem Alergia à Proteína do Leite (APLV).

O leite, que tem o mesmo sabor e é produzido da mesma forma que o leite comum, tem apenas um segredo: o melhoramento genético dos gados leiteiros. De acordo com o pesquisador da Embrapa, Carlos Martins, há evidências científicas de que algumas raças produzem leite em que a beta-caseína não causa reações em pessoas que possuem alergia a essa proteína.

“Eles identificam no DNA do animal essa característica. Aí é só acasalar sempre um touro A2A2 com uma vaca A2A2 que terá 100% de bezerros A2A2, produzindo leite com a beta-caseína A2A2”, explica ao Jornal Opção.

Em Goiás, alguns produtores já voltaram os olhos pra esse nicho de mercado e tem investido na produção. É o caso do Dilson Cordeiro, do município de Cocalzinho.

Produtor de leite há 25 anos, Dilson está há oito promovendo o melhoramento genético e hoje 60% do gado leiteiro já produz leite A2. “A procura é grande, todo mundo quer saúde, quer bem-estar. Costumo dizer que esse leite é quase como um remédio, já que hoje muitas pessoas tem alergia.”

Alergia x Intolerância

Vale destacar que o leite A2 não é indicado para os casos de intolerância à lactose. A lactose é o açúcar do leite e não uma proteína e a intolerância acontece com pessoas que têm deficiência na produção de uma enzima chamada lactase. Os sintomas da intolerância à lactose são dores abdominais, diarreia, flatulência e abdômen distendido.

ttps://www.jornalopcao.com.br/ultimas-noticias/melhoramento-genetico-permite-consumo-de-leite-ate-mesmo-para-quem-tem-alergia-130113/

Toda reclamação originada das informações contidas no site de eDairy News será submetida à jurisdição dos Tribunais Ordinários do Primeiro Distrito Judicial da Província de Córdoba, República Argentina, sediado na Cidade de Córdoba, com exclusão de qualquer outro local, incluso o Federal.

*

Critérios na moderação de comentários em termos de publicação e Notícias de produtos em todas as suas publicações.

  • No sé considerarán insultos de qualquer tipo em contra de qualquer persona, sea usuario, moderador ó editor. Apenas se aceitar denuncias realizadas com nome e apelido do autor do comentario, previa confirmação de moderador.
  • Críticas destructivas infundadas e gratuitas, expressões de mal gusto, sean ofensivas, racistas ou xenófobas.
  • Hacer SPAM, (Insertar vínculos de páginas web sem links para o tema, correções eletrônicas, etc ...)
  • Comentários que não tem sentido com a nota no setor lácteo.

Related posts


Top