Milho: De olho na guerra comercial entre China e EUA, mercado inicia

Milho: De olho na guerra comercial entre China e EUA, mercado inicia 2ª feira com ligeiras altas em Chicago

 

Na Bolsa de Chicago (CBOT), os futuros do milho iniciaram a sessão desta segunda-feira (9) com ligeiras altas, próximos da estabilidade. Perto das 8h21 (horário de Brasília), as principais posições do cereal exibiam altas entre 0,75 e 1,25 pontos. O maio/18 operava a US$ 3,89 por bushel e o julho/18 trabalhava a US$ 3,97 por bushel.

Assim como na soja, as atenções dos investidores permanecem voltadas à disputa comercial entre China e Estados Unidos. “Apesar do fortalecimento do complexo grãos, os analistas notaram a pressão dos temores de uma guerra comercial cada vez maior entre os dois países”, informou a Reuters internacional.

Por outro lado, a nova safra americana também está no radar dos participantes do mercado. “Embora as plantações de milho ainda não tenham começado nos EUA, o clima frio e úmido que continua atrasando as semeaduras de trigo da primavera no norte dos EUA e no Canadá está sustentando os valores do milho”, reportou a Reuters.

“Estamos em alguns dos melhores níveis de preços no último ano, e ainda nem começamos a plantar”, observa Mike Mawdsley, da First Choice.

Ainda nesta segunda-feira, o USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos) reporta seu novo boletim de embarques semanais. O relatório é um importante indicador de demanda. Além disso, o órgão divulga seu boletim de oferta e demanda nesta terça-feira (10).

Veja como fechou o mercado na última sexta-feira:

https://www.noticiasagricolas.com.br/noticias/milho/211389-milho-de-olho-na-guerra-comercial-entre-china-e-eua-mercado-inicia-2-feira-com-ligeiras-altas-em-chicago.html#.Wste1IhubIU

Tags:
Toda reclamação originada das informações contidas no site de eDairy News será submetida à jurisdição dos Tribunais Ordinários do Primeiro Distrito Judicial da Província de Córdoba, República Argentina, sediado na Cidade de Córdoba, com exclusão de qualquer outro local, incluso o Federal.

*

Critérios na moderação de comentários em termos de publicação e Notícias de produtos em todas as suas publicações.

  • No sé considerarán insultos de qualquer tipo em contra de qualquer persona, sea usuario, moderador ó editor. Apenas se aceitar denuncias realizadas com nome e apelido do autor do comentario, previa confirmação de moderador.
  • Críticas destructivas infundadas e gratuitas, expressões de mal gusto, sean ofensivas, racistas ou xenófobas.
  • Hacer SPAM, (Insertar vínculos de páginas web sem links para o tema, correções eletrônicas, etc ...)
  • Comentários que não tem sentido com a nota no setor lácteo.

Related posts


Top