Nestlé anuncia novo investimento no Rio Grande do Sul

Nestlé anuncia novo investimento no Rio Grande do Sul

A unidade da Nestlé em Carazinho vai receber um investimento de R$ 60 milhões em novas linhas de produção. A informação foi divulgada ontem pelo presidente da empresa no Brasil, Ivan Zurita, durante encontro com o governador Tarso Genro no Palácio Piratini, em Porto Alegre.

A expectativa da Nestlé é que as novas instalações estejam concluí­das até o final do ano. Segundo o dirigente da empresa, o investimento tem o objetivo de modernizar a capacidade industrial da empresa com novas tecnologias, que permitirão a fabricação de produtos de melhor qualidade, especialmente no setor de alimentos para bebíªs. “Serão equipamentos que permitem desmineralizar o soro, uma tecnologia que estamos trazendo para o Brasil. Com isso poderemos fabricar aqui matérias-primas especiais que temos que importar e ganharemos condições de produzir itens melhores para o mercado externo”, explicou.

De acordo com Zurita, a empresa planeja criar um polo exportador para toda a América Latina. Atualmente, de 8% a 9% dos produtos fabricados pela unidade de Carazinho é exportado pela empresa. Com as novas instalações, a expectativa é aumentar essa quantia para 20%. O volume de produção também deve aumentar de 5% a 10%. Atualmente, a Nestlé fabrica no Estado 70 mil toneladas de produtos por ano, principalmente leite Ninho e Molico, leite condensado e creme de leite, mas já planeja um maior desenvolvimento no setor de achocolatados.

Com o crescimento da produção, a demanda por matéria-prima também deve aumentar. Conforme Zurita, a empresa hoje capta 400 mil litros de leite por dia, mas tem o plano de duplicar essa recepção em um prazo de tríªs a cinco anos. Além disso, mais 70 pessoas devem ser contratadas pela Nestlé na unidade de Carazinho, que já emprega 230 trabalhadores.

Inaugurada em março de 2010, a fábrica da Nestlé em Carazinho, que pertencia anteriormente í  Parmalat, foi adquirida pela empresa por R$ 103 milhões. Com os R$ 60 milhões anunciados ontem, mais R$ 27 milhões já aplicados em reformas estruturais, a unidade vai representar um investimento total de R$ 200 milhões para a Nestlé em tríªs anos. No Estado, a empresa também possui um centro de recebimento e condensação de leite em Palmeira das Missões.
http://jcrs.uol.com.br/site/noticia.php?codn=91304

Toda reclamação originada das informações contidas no site de eDairy News será submetida à jurisdição dos Tribunais Ordinários do Primeiro Distrito Judicial da Província de Córdoba, República Argentina, sediado na Cidade de Córdoba, com exclusão de qualquer outro local, incluso o Federal.

*

Critérios na moderação de comentários em termos de publicação e Notícias de produtos em todas as suas publicações.

  • No sé considerarán insultos de qualquer tipo em contra de qualquer persona, sea usuario, moderador ó editor. Apenas se aceitar denuncias realizadas com nome e apelido do autor do comentario, previa confirmação de moderador.
  • Críticas destructivas infundadas e gratuitas, expressões de mal gusto, sean ofensivas, racistas ou xenófobas.
  • Hacer SPAM, (Insertar vínculos de páginas web sem links para o tema, correções eletrônicas, etc ...)
  • Comentários que não tem sentido com a nota no setor lácteo.

Related posts


Top