ÔĽŅ Nestl√© ficar√° com f√°bricas de #leite em p√≥ e Fonterra ter√° 51% da divis√£o de refrigerados no Brasil

Nestlé ficará com fábricas de #leite em pó e Fonterra terá 51% da divisão de refrigerados no Brasil

 
Nestlé S.A. e Fonterra anunciam o realinhamento de sua joint venture DPA (Dairy Partners Americas) nos países onde atua na América Latina. Criada pela Nestlé e Fonterra em 2003, Dairy Partners Americas é o resultado da associação em partes iguais (50/ 50) das duas empresas para a fabricação de leite em pó, fabricação e comercialização de refrigerados lácteos em toda a América Latina.

Segundo comunicado da Nestl√©, ao longo dos √ļltimos dez anos, a DPA vem apresentando bom desempenho, entregando valor e qualidade aos consumidores e parceiros. ‚ÄúEste, √© o momento certo para realinhar a parceria a fim de melhor refletir as respectivas estrat√©gias de neg√≥cios de Nestl√© e Fonterra na regi√£o‚ÄĚ, diz o informe da Nestl√©.

Pelo novo acordo, todas as f√°bricas de leite em p√≥ de DPA Manufatura operadas pela joint venture no Brasil, Argentina, Equador e Col√īmbia voltam √† propriedade e opera√ß√£o da Nestl√©, bem como o neg√≥cio de leites l√≠quidos no Equador. J√° na Venezuela, o segmento de refrigerados e leites l√≠quidos ser√° adquirido pela Fonterra, junto com um parceiro local. No Brasil, a joint venture continuar√° produzindo e comercializando refrigerados l√°cteos, sendo que a Fonterra ficar√° com 51% do controle e a Nestl√©, 49%.

As empresas não antecipam perda de postos de trabalho decorrentes dessa transação. O MilkPoint apurou junto a DPA Brasil que a Nestlé assumirá a captação de leite e (pelo menos em um primeiro momento) suprirá a DPA com matéria-prima para as fábricas de refrigerados. A equipe de captação de leite da DPA será absorvida pela Nestlé.

Para o CEO da Fonterra, Theo Spierings, a revisão da parceria está de acordo com o foco estratégico da Fonterra na nutrição diária e em mercados emergentes de forte crescimento, e que a Fonterra valoriza a relação com a Nestlé. Segundo ele, a revisão da aliança fará com que a parceria tenha sucesso continuado.

‚ÄúO acordo tamb√©m permitir√° que a cooperativa obtenha valor de longo prazo na regi√£o para seus produtores associados‚ÄĚ, explica.

Alex Turnbull, diretor da Fonterra para a Am√©rica Latina, diz que ‚Äúa economia da regi√£o passou por mudan√ßas consider√°veis nos √ļltimos 10 anos. Vimos prosperidade crescente em mercados como o brasileiro, com r√°pida urbaniza√ß√£o e um foco em nutri√ß√£o saud√°vel puxando a demanda por l√°cteos‚ÄĚ. Para ele, ‚Äúuma participa√ß√£o maior na DPA Brasil significa que estaremos bem posicionados para alavancar nossa estrat√©gica de crescimento em volume e valor‚ÄĚ.

O realinhamento do acordo ser√° submetido aos √≥rg√£os regulat√≥rios nos pa√≠ses envolvidos. Como conseq√ľ√™ncia do realinhamento da parceria, a Fonterra espera receber cerca de NZD 96 milh√Ķes no pr√≥ximo ano fiscal.

Sobre a DPA

Criada em 2003, a DPA √© a maior empresa de l√°cteos da Am√©rica do Sul, comprando e processando mais de 2 bilh√Ķes de litros de leite por ano. A DPA produz ingredientes e produtos para o mercado consumidor atrav√©s de marcas fontes no segmento de leite l√≠quido e refrigerados em toda Am√©rica Latina.

A Fonterra licencia marcas e aporta seu know-how em captação de leite em larga escala, desenvolvimento de produtos e expertise em manufatura e processamento, assim como serviços técnicos e algumas tecnologias.

A Nestlé licencia marcas e aporta desenvolvimento de produtos, expertise em manufatura e processamento, além de infra-estrutura de distribuição.

As informa√ß√Ķes s√£o da Nestl√©, Fonterra

 

 

 

Toda reclama√ß√£o originada das informa√ß√Ķes contidas no site de eDairy News ser√° submetida √† jurisdi√ß√£o dos Tribunais Ordin√°rios do Primeiro Distrito Judicial da Prov√≠ncia de C√≥rdoba, Rep√ļblica Argentina, sediado na Cidade de C√≥rdoba, com exclus√£o de qualquer outro local, incluso o Federal.

*

Crit√©rios na modera√ß√£o de coment√°rios em termos de publica√ß√£o e Not√≠cias de produtos em todas as suas publica√ß√Ķes.

  • No s√© considerar√°n insultos de qualquer tipo em contra de qualquer persona, sea usuario, moderador √≥ editor. Apenas se aceitar denuncias realizadas com nome e apelido do autor do comentario, previa confirma√ß√£o de moderador.
  • Cr√≠ticas destructivas infundadas e gratuitas, express√Ķes de mal gusto, sean ofensivas, racistas ou xen√≥fobas.
  • Hacer SPAM, (Insertar v√≠nculos de p√°ginas web sem links para o tema, corre√ß√Ķes eletr√īnicas, etc ...)
  • Coment√°rios que n√£o tem sentido com a nota no setor l√°cteo.

Related posts

ÔĽŅ
Top