Nestlé negocia compra de unidade da Pfizer

Nestlé negocia compra de unidade da Pfizer

A Nestlé está se aproximando de um acordo para adquirir a unidade de nutrição infantil da Pfizer por cerca de US$ 10 bilhões, buscando impulsionar suas operações na China e ampliar sua liderança no segmento de leite em pó infantil, afirmaram fontes próximas ao assunto.

O maior grupo alimentí­cio do mundo já era apontado como favorito na disputa pelo negócio, e agora está preparado para firmar um acordo no fim deste míªs, após derrotar a parceria formada por Danone e Mead Johnson.

Segundo a fonte, a Nestlé está na frente e se aproximando de um acordo, que é esperado para ser fechado em breve.

Outra fonte disse que a operação está avaliada em US$ 9 bilhões a US$ 10 bilhões e que o acordo deve ocorrer até o fim de abril.

A unidade da Pfizer que está sendo vendida possui alto potencial de crescimento, com mais de 70% das vendas em mercados emergentes e uma posição importante na China, além de ter atraí­do a atenção dos tríªs maiores representantes do segmento de leite em pó infantil.

A Pfizer, maior fabricante de medicamentos do mundo, colocou a unidade í  venda em julho passado após a compra da Wyeth, em 2009, ao mesmo tempo em que busca cindir sua unidade de saúde animal.

Fonte: http://www.jornalfloripa.com.br

Tags: ,
Toda reclamação originada das informações contidas no site de eDairy News será submetida à jurisdição dos Tribunais Ordinários do Primeiro Distrito Judicial da Província de Córdoba, República Argentina, sediado na Cidade de Córdoba, com exclusão de qualquer outro local, incluso o Federal.

*

Critérios na moderação de comentários em termos de publicação e Notícias de produtos em todas as suas publicações.

  • No sé considerarán insultos de qualquer tipo em contra de qualquer persona, sea usuario, moderador ó editor. Apenas se aceitar denuncias realizadas com nome e apelido do autor do comentario, previa confirmação de moderador.
  • Críticas destructivas infundadas e gratuitas, expressões de mal gusto, sean ofensivas, racistas ou xenófobas.
  • Hacer SPAM, (Insertar vínculos de páginas web sem links para o tema, correções eletrônicas, etc ...)
  • Comentários que não tem sentido com a nota no setor lácteo.

Related posts


Top