No Tocantins, produção de leite de cabra deve aumentar

#No Tocantins, produção de leite de cabra deve aumentar

Segundo dados da Seagro- Secretaria da Agricultura, Pecuária e do Desenvolvimento Agrário, o Tocantins produz em média 233 milhões de litros de leite por ano e esse número tende a aumentar com a parceria firmada entre Associação de Pequenos Produtores de leite de Cabra de Palmas e a Prefeitura de Santa Rosa, no último domingo 29.

A parceria firmada entre a Associação e o municí­pio visa a construção de um local próprio para a coleta de leite em Santa Rosa, com a obra a ser concluí­da em até 30 dias. Conforme o presidente da Associação, Adão Rego, fica a cargo da prefeitura a construção do posto, mas, “a industrialização, compra, venda e a logí­stica da coleta serão de responsabilidade dos associados, que na ocasião, se mostraram satisfeitos com o novo empreendimento e com as novas oportunidades comerciais. O litro do leite pode ser comprado por R$ 0,70 o que irá significar um avanço no mercado”, acrescenta
O incentivo para essa tomada de decisões teve a participação contundente de um membro da RURALTINS. De acordo com o técnico em extensão Rural, Valdivo Iris de Sousa “a aquisição desse novo posto de coleta tem trazido muitas expectativas positivas em relação aos pequenos produtores”. Ainda segundo o técnico “essa ansiedade se estende aos empresários também, eles terão mais opções de compra, o que antes era limitado í  cidade de Silvanópolis, a 129 km da capital” finaliza.

Assessoria de Comunicação do Sistema FAET
www.faetrural.com.br

Toda reclamação originada das informações contidas no site de eDairy News será submetida à jurisdição dos Tribunais Ordinários do Primeiro Distrito Judicial da Província de Córdoba, República Argentina, sediado na Cidade de Córdoba, com exclusão de qualquer outro local, incluso o Federal.

*

Critérios na moderação de comentários em termos de publicação e Notícias de produtos em todas as suas publicações.

  • No sé considerarán insultos de qualquer tipo em contra de qualquer persona, sea usuario, moderador ó editor. Apenas se aceitar denuncias realizadas com nome e apelido do autor do comentario, previa confirmação de moderador.
  • Críticas destructivas infundadas e gratuitas, expressões de mal gusto, sean ofensivas, racistas ou xenófobas.
  • Hacer SPAM, (Insertar vínculos de páginas web sem links para o tema, correções eletrônicas, etc ...)
  • Comentários que não tem sentido com a nota no setor lácteo.

Related posts


Top