#Nova lei permitirá ao produtor de leite negociar com indústria – eDairyNews Últimas notícias
Sin categoría |21 junio, 2012

Indústria | #Nova lei permitirá ao produtor de leite negociar com indústria

Laticí­nios terão de informar o preço do leite até o dia 25 do míªs anterior í  entrega do produto, o…

Laticí­nios terão de informar o preço do leite até o dia 25 do míªs anterior í  entrega do produto, o que pode beneficiar criadores
Para o presidente da Comissão Nacional da Pecuária de Leite da CNA, a lei atende a uma antiga reivindicação dos produtores para que a indústria informasse um preço de referíªncia

A obrigação dos laticí­nios de informar o preço do leite até o dia 25 do míªs anterior í  entrega do produto nas indústrias dará maior margem de negociação aos criadores, que poderão optar pela empresa que pagar mais. A opinião é do presidente da Comissão Nacional da Pecuária de Leite da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), Rodrigo Sant’Anna Alvim. Ele explica que a lei publicada nesta quarta-feira no Diário Oficial da União atende a uma reivindicação dos produtores de leite. “O setor é um dos poucos da economia que só toma conhecimento do valor do seu produto na hora de receber o pagamento, muitas vezes até dois meses após a entrega da mercadoria nas usinas de beneficiamento”, disse.

Segundo Alvim, os produtores sempre pediram que a indústria informasse um preço de referíªncia, “nem que fosse um mí­nimo”. Ele argumenta que o preço informado não poderá ser muito baixo, porque neste caso o produtor irá procurar outra indústria que estiver pagando mais, “a não ser que as empresas formem um cartel”.

O dirigente acredita que a nova lei não deve prejudicar as negociações entre produtores e indústrias em Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Paraná e Mato Grosso do Sul, onde existem conselhos paritários (Conseleite), que estabelecem os parí¢metros técnicos e de mercado utilizados para definir o preço do leite entre as usinas. Ele afirmou que durante a discussão do projeto de lei no Congresso Nacional a CNA tentou excluir estes Estados (que tíªm o Conseleite) da obrigação das indústrias de informar o preço ao produtor, mas não deu tempo.

Alvim afirmou que outras duas propostas que existiam no projeto de lei de autoria do deputado federal Reginaldo Lopes (PT-MG) foram retiradas a pedido dos produtores. A primeira diz respeito í  proibição de diferenciação de preços entre produtores na entrega de leite a uma mesma indústria. Ele diz que o deputado concordou em retirar a proposta, porque a mudança nas normas sobre padrões de qualidade do leite implica preços diferenciados.

Outra proposta retirada proibia a diferença de preços entre o perí­odo seco (entressafra) e o das águas (safra). O sistema implica o pagamento de valores menores durante a safra para os volumes excedentes a determinada cota (calculada com base na média de leite entregue durante a entressafra). Alvim explicou que o deputado concordou em adiar as discussões sobre o sistema cota-excesso, que deve ser regulamentado nos próximos anos, com incentivo aos produtores que investem na produção de leite mesmo no perí­odo da entressafra, quando o custo é maior. Ele cita como exemplo o Canadá, onde a cota para entrega de leite í s vezes vale mais que a propriedade.

http://revistagloborural.globo.com/Revista/Common/0,,EMI310275-18530,00-NOVA+LEI+PERMITIRA+AO+PRODUTOR+DE+LEITE+NEGOCIAR+COM+INDUSTRIA.html

Qualquer reivindicação decorrente das informações contidas no site eDairyNews será submetida à jurisdição dos Tribunais Ordinários do Primeiro Distrito Judicial da Província de Córdoba, República Argentina, com sede na cidade de Córdoba, com exclusão de qualquer outra jurisdição, incluindo a Federal.

1 Comentario

  • Diz um filósofo grego “…que a esperança é o sonho do homem acordado”…Em analogia, se analisados aos preços de leite ao produtor brasileiro com muitos paí­ses, os nossos são os campeões. Pelos valores conhecidos, a esperança não é mais sonho!…. Mais do que os ní­veis atuais, é SONHO ACORDADO”. Fazer leis deste tipo, lembra a lenda de REVOGAí‡íƒO da “lei da oferta e da procura”!!!….

Deja un comentario

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

Notas relacionadas