Novo chefe-geral en Embrapa Gado de #Leite

Novo chefe-geral en Embrapa Gado de #Leite

 
Paulo Martins assume Embrapa Gado de Leite pela segunda vez

O economista Paulo do Carmo Martins é o novo Chefe-geral da Embrapa Gado de Leite. A posse oficial ainda não tem data definida, mas ele começou a atuar na unidade de Juiz de Fora (MG) em 2 de junho. Ele permanece no cargo até 2017 e sucede Duarte Vilela, que conduziu a unidade desde 2008.

É a segunda vez que Paulo Martins exerce a função. A primeira foi entre 2004 e 2008. O pesquisador ingressou na Embrapa em 1997 desenvolvendo estudos de inteligência de mercado, competitividade e eficiência da cadeia produtiva do leite e derivados.

Para o cargo de Chefe-adjunto de Pesquisa e Desenvolvimento, foi indicado o bioquímico Marcelo Henrique Otenio, formado pela Universidade Estadual de Londrina (PR), mestre e doutor em microbiologia pela Unesp-Rio Claro (SP).

Assume a Chefia–adjunta de Administração José Roberto Ferreira, administrador de empresas pela Faculdade de Ciências Contábeis e Administrativas Machado Sobrinho, mestre em Ciência de Alimentos pela UFV (Universidade Federal de Viçosa -MG).

O cientista social pela Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF), especialista em marketing político pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), Marne Sidney de Paula Moreira, assume a Chefia adjunta de Transferência de Tecnologia.

Fonte: Portal DBO com informações da Embrapa Gado de Leite

Toda reclamação originada das informações contidas no site de eDairy News será submetida à jurisdição dos Tribunais Ordinários do Primeiro Distrito Judicial da Província de Córdoba, República Argentina, sediado na Cidade de Córdoba, com exclusão de qualquer outro local, incluso o Federal.

*

Critérios na moderação de comentários em termos de publicação e Notícias de produtos em todas as suas publicações.

  • No sé considerarán insultos de qualquer tipo em contra de qualquer persona, sea usuario, moderador ó editor. Apenas se aceitar denuncias realizadas com nome e apelido do autor do comentario, previa confirmação de moderador.
  • Críticas destructivas infundadas e gratuitas, expressões de mal gusto, sean ofensivas, racistas ou xenófobas.
  • Hacer SPAM, (Insertar vínculos de páginas web sem links para o tema, correções eletrônicas, etc ...)
  • Comentários que não tem sentido com a nota no setor lácteo.

Related posts


Top