Para captar mais leite, Lactalis reestrutura unidade em MG - eDairy News

Para captar mais leite, Lactalis reestrutura unidade em MG

Com isso, segundo a empresa, a planta de Juruaia “passou a focar totalmente suas atividades no resfriamento do leite captado na região”.

De acordo com o diretor de relações institucionais da Lactalis do Brasil, Guilherme Portella, a produção de 60 toneladas por mês de queijo minas frescal da planta de Juruaia passou, desde 20 de julho, a ser feita em Pouso Alto, onde a empresa já fabrica o mesmo tipo de queijo e outras variedades do produto. A unidade pôde absorver o volume que era feito em Juruaia pois tem capacidade quatro vezes maior de produção só para essa variedade de queijo.

Sem produção, a unidade de Juruaia ficou apenas com operação de recepção e resfriamento de leite. A Lactalis pretende quadruplicar o volume de captação de leite recebido na planta, que era de 20 mil litros por dia. Segundo Portella, a captação deve alcançar 40 mil litros até dezembro e 80 mil até junho do ano que vem. A fábrica de Juruaia foi uma das primeiras adquiridas pela Lactalis no Brasil. Pertencia à Balkis, comprada pela companhia francesa em 2013.

Portella afirma que a mudança não se deve à queda de demanda por lácteos no país, mas que visa à otimização da estrutura da empresa, com o aumento da capacidade de recepção e melhoria da logística de captação de leite. “É parte do processo de crescimento da companhia”, observa.

A Lactalis espera ampliar a captação de leite em Minas Gerais, principalmente na região de Juruaia, por meio do aumento da produtividade de fornecedores. Por isso está iniciando um projeto de fomento agropecuário para a melhoria da produtividade e da qualidade do leite na região. O programa inclui a venda de animais da raça girolando aos pecuaristas a preços subsidiados, segundo Portella. O número de produtores que fornece leite à Lactalis na região, cerca de 150, também deve aumentar para que a empresa consiga ampliar a captação. “É uma decisão para produzir mais”, reforça ele.

A planta de Juruaia tinha 53 empregados. Desses, 15 foram transferidos para Pouso Alto, que fica a 300 quilômetros, e oito ficaram na unidade. Segundo a companhia, os empregados “que não se enquadraram no perfil exigido para esta nova operação” tiveram acesso a um programa de apoio à recolocação profissional.

A francesa Lactalis entrou no Brasil em 2013, com a aquisição da Balkis. Em 2014, comprou os ativos de lácteos da BRF e no mesmo ano unidades da LBR – Lácteos Brasil – em leilão do processo de recuperação judicial da empresa. A companhia francesa tem, atualmente, 15 unidades de produção de lácteos no Brasil.
Fonte: Valor Econômico.

Toda reclamação originada das informações contidas no site de eDairy News será submetida à jurisdição dos Tribunais Ordinários do Primeiro Distrito Judicial da Província de Córdoba, República Argentina, sediado na Cidade de Córdoba, com exclusão de qualquer outro local, incluso o Federal.

*

Critérios na moderação de comentários em termos de publicação e Notícias de produtos em todas as suas publicações.

  • No sé considerarán insultos de qualquer tipo em contra de qualquer persona, sea usuario, moderador ó editor. Apenas se aceitar denuncias realizadas com nome e apelido do autor do comentario, previa confirmação de moderador.
  • Críticas destructivas infundadas e gratuitas, expressões de mal gusto, sean ofensivas, racistas ou xenófobas.
  • Hacer SPAM, (Insertar vínculos de páginas web sem links para o tema, correções eletrônicas, etc ...)
  • Comentários que não tem sentido com a nota no setor lácteo.

Related posts


Top