Pesquisadora da UFCG desenvolve leite extraí­do do amendoim

Pesquisadora da UFCG desenvolve leite extraí­do do amendoim

Durante tríªs anos, a pesquisadora Niédja Marizze Alves, da Universidade Federal de Campina Grande (UFCG), trabalhou no desenvolvimento de uma bebida rica em proteí­na vegetal, sais minerais, vitaminas, carboidratos e gordura.

O resultado do trabalho  foi o leite de amendoim. Um extrato aquoso, que além de todos os nutrientes apresentados, é capaz ainda de ajudar na prevenção de doenças cardiovasculares. “Na pesquisa podemos observar que o extrato obtido do amendoim pode ajudar no equilí­brio do metabolismo, graças í  presença de componentes bioativos. Outra vantagem do produto é que o amendoim é um alimento bastante cultivado na agricultura familiar da Paraí­ba. Portanto, de baixo custo”, ressaltou.

Resultado da pesquisa de doutorado Desenvolvimento de equipamentos e técnicas para determinação de aflatoxina e produção de extrato hidrossolúvel de amendoim, orientada pelo professor da UFCG, Francisco de Assis Cardoso Almeida, o produto obteve um elevado grau de satisfação entre os consumidores. “Numa escala de 5 a 9, atingimos a excelente média 7”, comemora a pesquisadora.

Ascom UFCG

Toda reclamação originada das informações contidas no site de eDairy News será submetida à jurisdição dos Tribunais Ordinários do Primeiro Distrito Judicial da Província de Córdoba, República Argentina, sediado na Cidade de Córdoba, com exclusão de qualquer outro local, incluso o Federal.

*

Critérios na moderação de comentários em termos de publicação e Notícias de produtos em todas as suas publicações.

  • No sé considerarán insultos de qualquer tipo em contra de qualquer persona, sea usuario, moderador ó editor. Apenas se aceitar denuncias realizadas com nome e apelido do autor do comentario, previa confirmação de moderador.
  • Críticas destructivas infundadas e gratuitas, expressões de mal gusto, sean ofensivas, racistas ou xenófobas.
  • Hacer SPAM, (Insertar vínculos de páginas web sem links para o tema, correções eletrônicas, etc ...)
  • Comentários que não tem sentido com a nota no setor lácteo.

Related posts


Top