PF apura irregularidades no programa do leite

PF apura irregularidades no programa do leite

A Polí­cia Federal na Paraí­ba, em atuação conjunta com o Ministério Público Federal, a Controladoria-Geral da União e o tribunal de Contas da União, desencadearam, na manhã desta quarta-feira (16), a operaçao Amaltéia, a fim de dar cumprimento a 22 Mandados de Busca e Apreensão e 08 Mandados de Proibição de que investigados freqí¼entem laticí­nios e órgão públicos, todos expedidos pela Justiça Federal na Paraí­ba. Participam desta Operação 20 servidores da CGU e cerca de 100 Policiais Federais.

A investigação tem como objetivo desarticular um esquema criminoso que vem fraudando e causando prejuí­zos ao Ministério do Desenvolvimento Social e Combate í  Fome (MDS), o qual firma convíªnio com o órgão estadual responsável por operacionalizar a contratação de laticí­nios e o controle de produtores rurais para que haja a distribuição de leite, no denominado Programa de Leite da Paraí­ba.

Verificou-se que a quadrilha agia se valendo de pessoas que não se enquadram na condição de produtor rural e que, por isto, não estariam aptas a fornecer leite ao Programa.

Indí­cios também apontam suposto envolvimento de servidores da FAC – Fundação de Apoio Comunitário do Estado da Paraí­ba, responsável por operacionalizar o Programa do Leite.

Outra irregularidade detectada e que está sendo criteriosamente analisada diz respeito í  qualidade do leite (provável adição de água ao leite e também há suspeita de que são acrescidas ao leite substí¢ncias quí­micas para prolongar sua vida útil).

O volume de recursos repassado ao Programa alcançou o montante de R$ 285.863.318,15, sendo este resultante do somatório dos valores pactuados nos convíªnios firmados entre a FAC e o MDS no perí­odo de 2005 a 2011. O montante aplicado irregularmente ou desviado está sendo apurado.

Será concedida uma coletiva de imprensa í s 10h30 na Superintendíªncia de Polí­cia Federal na cidade de Cabedelo.
Fonte: Jornal da Paraí­ba

Toda reclamação originada das informações contidas no site de eDairy News será submetida à jurisdição dos Tribunais Ordinários do Primeiro Distrito Judicial da Província de Córdoba, República Argentina, sediado na Cidade de Córdoba, com exclusão de qualquer outro local, incluso o Federal.

*

Critérios na moderação de comentários em termos de publicação e Notícias de produtos em todas as suas publicações.

  • No sé considerarán insultos de qualquer tipo em contra de qualquer persona, sea usuario, moderador ó editor. Apenas se aceitar denuncias realizadas com nome e apelido do autor do comentario, previa confirmação de moderador.
  • Críticas destructivas infundadas e gratuitas, expressões de mal gusto, sean ofensivas, racistas ou xenófobas.
  • Hacer SPAM, (Insertar vínculos de páginas web sem links para o tema, correções eletrônicas, etc ...)
  • Comentários que não tem sentido com a nota no setor lácteo.

Related posts


Top