#Pindorama beneficia produtores de leite do Sertão

#Pindorama beneficia produtores de leite do Sertão

Usina enviou 600 toneladas de bagaço de cana para alimentação do gado leiteiro
Priorizando ações de intercooperação, a Cooperativa Pindorama está atuando para diminuir os efeitos da seca no Sertão de Alagoas. Essa semana, a Usina Pindorama, enviou 60 toneladas de bagaço de cana-de-açúcar para agricultores familiares da Bacia Leiteira do estado. A medida foi negociada com a Cooperativa de Produção Leiteira de Alagoas (CPLA), que representa aproximadamente 2.500 pequenos produores em Alagoas.

Parte do bagaço da cana-de-açúcar produzido pela Usina Pindorama é reutilizada na produção de energia e no artesanato, porém esse ano, a falta de alimento para os animais, consequíªncia da estiagem em todo Nordeste, fez aumentar bastante a procura pelo subproduto. Somente na safra 2011/2012 a cooperativa produziu 284.264.440 toneladas de bagaço. O subproduto da cana-de-açúcar é utilizado na alimentação do gado.

O diretor-presidente da Cooperativa Pindorama, Klécio Santos, destacou que a ação é uma questão de responsabilidade social, já que a Pindorama luta pelo fortalecimento a agricultura familiar e pelo desenvolvimento da Cadeia Produtiva do Leite em Alagoas. “Priorizamos os pequenos produtores de Alagoas e negociamos o bagaço da cana a preço de custo para CPLA. A procura pelo subproduto da cana na Usina é muito grande. Até produtores de Pernambuco formam a fila de espera”, revelou o diretor presidente.

De acordo com relatos dos técnicos da CPLA, muitos animais estão morrendo. A situação mais critica está nos municí­pios de Ouro Branco, Jacaré dos Homens e Batalha. Em todo estado a produção de leite já diminuiu 40% e a chuva que caiu nos últimos dias não foi suficiente para amenizar os efeitos da seca.

O diretor-presidente da CPLA, Aldemar Monteiro, mostrou preocupação. “Estamos fazendo o que está ao nosso alcance para ajudar o pequeno agricultor. Essa parceria com a Cooperativa Pindorama, com certeza vai levar esperança aos nossos associados e quem sabe frear os efeitos da seca. Cooperativismo é isso, trabalhar em   prol do desenvolvimento de todos”, frisou Monteiro.
http://www.tribunahoje.com/noticia/29589/cooperativas/2012/06/08/pindorama-beneficia-produtores-de-leite-do-sertao.html

Toda reclamação originada das informações contidas no site de eDairy News será submetida à jurisdição dos Tribunais Ordinários do Primeiro Distrito Judicial da Província de Córdoba, República Argentina, sediado na Cidade de Córdoba, com exclusão de qualquer outro local, incluso o Federal.

2 Comments

  1. Jose Domingos de Oliveira said:

    Comecei a utilizar o bagaço de cana na alimentação das minhas vacas em produção ,após alguns dias sentir queda na produção de leite,gostaria de saber se a queda na produção de leite foi ocasionada pelo bagaço de cana?.Sou Domingos moro em Poço Verde/SE, gostaria de receber comentário sobre o assunto.

  2. Engº Agrº Gilberto De Marchi said:

    Sr. José Domingos

    Caso o senhor esteja alimentando suas vacas em produção com palma, então o motivo da queda da produção foi mesmo a substituição por bagaço de cana-de-açúcar, pois só tem fibra em sua composição nutricional. Para manter ou melhorar o rendimento da produção de suas vacas, mantenha o fornecimento da palma, que tem mais energia que o bagaço cujo caldo da sacarose ficou na Usina, e adicine uréia depois de picar ambas as forrageiras e depois misturar a uréia. Sugiro o senhor consultar o melhor balanceamanto nutritivo de seus animais com os profissionais da Emater ou EMBRAPA da sua região.

*

Critérios na moderação de comentários em termos de publicação e Notícias de produtos em todas as suas publicações.

  • No sé considerarán insultos de qualquer tipo em contra de qualquer persona, sea usuario, moderador ó editor. Apenas se aceitar denuncias realizadas com nome e apelido do autor do comentario, previa confirmação de moderador.
  • Críticas destructivas infundadas e gratuitas, expressões de mal gusto, sean ofensivas, racistas ou xenófobas.
  • Hacer SPAM, (Insertar vínculos de páginas web sem links para o tema, correções eletrônicas, etc ...)
  • Comentários que não tem sentido com a nota no setor lácteo.

Related posts


Top