#Portalacteo: Leite está mais caro com seca no Nordeste e cheia no Amazonas – eDairyNews Últimas notícias
Sin categoría |24 julio, 2012

Leite | #Portalacteo: Leite está mais caro com seca no Nordeste e cheia no Amazonas

Abastecimento vem de Rondí´nia e Sudeste e preço do produto varia até 62%.Manaus – A cheia do Rio Negro, a…

Abastecimento vem de Rondí´nia e Sudeste e preço do produto varia até 62%.Manaus – A cheia do Rio Negro, a seca do Nordeste e a entressafra afetaram o preço do leite em Manaus. Normalmente dependente em grande parte das produções de outras regiões, o abastecimento local do produto e derivados ficou ainda mais defasado pelo comprometimento das áreas de pastagem. Atualmente, os fornecedores da cidade estão concentrados em Rondí´nia e em Estados do Sudeste do Paí­s.A dona de casa Judite Barbosa, 62, sentiu o aumento do valor do leite. Segundo ela, uma lata de leite em pó, que antes custava R$ 7, saltou para entre R$ 9 e R$ 10. O leite desnatado também sofreu reajuste, passando de R$ 8 para até R$ 13 (alta de 62%). “Está horrí­vel, tive que diminuir o número de latas que compro por míªs”, disse.

Segundo o gerente de compras do Nova, Era Magno Ferreira, a queda na produção de leite no Nordeste, devido í  severa seca, foi um dos influenciadores do aumento do preço. “Com a falta de produção de um lado, a demanda aumentou de outro e essa é a hora das indústrias ganharem, elevando o preço, que ficou acima de 12% mais caro”, explicou. O atacadista tem comprado o produto de Goiás e Minas Gerais.

A cheia histórica do Rio Negro também refletiu na alta do preço do leite. “Todos os anos ocorre a entressafra que ‘quebra’ a oferta de leite, mas nesse ano a queda está mais acentuada. O rebanho de gado de várzea está na área de terra firme devido í  indisponibilidade de pastagem”, disse o presidente da Federação da Agricultura e Pecuária do Estado do Amazonas (Faea), Muni Lourenço.

Leite está mais caro com seca no Nordeste e cheia no Amazonas

Qualquer reivindicação decorrente das informações contidas no site eDairyNews será submetida à jurisdição dos Tribunais Ordinários do Primeiro Distrito Judicial da Província de Córdoba, República Argentina, com sede na cidade de Córdoba, com exclusão de qualquer outra jurisdição, incluindo a Federal.

Deja un comentario

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

Notas relacionadas