Volume de leite industrializado no Paí­s cresce 4%

#Portalacteo: Volume de leite industrializado no Paí­s cresce 4%

O resultado deixa os produtores otimistas com a possí­vel queda do leite informal ao final de 2012.

Entre janeiro e junho de 2012, foram industrializados 10,9 bilhões de litros de leite, crescimento de 4% na comparação com o mesmo perí­odo do ano passado, quando a indústria processou 10,5 bilhões de litros. Os dados da Pesquisa Trimestral do Leite foram divulgados na quinta-feira, 27, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatí­stica (IBGE).

O resultado deixa os produtores otimistas com a possí­vel queda do leite informal ao final de 2012. “O aumento no leite industrializado divulgado pelo IBGE foi superior ao da captação de leite, estimado em 3% pela Conab“, aponta Jorge Rubez, presidente da Associação Leite Brasil.
Segundo Rubez, o consumo de leite informal no Brasil caiu nos últimos tríªs anos e passou de 32% em 2010 para 31,3% em 2011. A estimativa, em 2012, é que este número chegue em 30,6%. “O que esperamos, agora, é uma possí­vel recuperação de preço durante o segundo semestre para compensar o aumento dos insumos, em especial o da soja e do milho”, afirma.

Para Carlos Humberto Mendes de Carvalho, presidente do Sindicato da Indústria de Laticí­nios e Produtos Derivados (Sindileite) do Estado de São Paulo, o aumento no volume de leite processado é consequíªncia do avanço da captação nas principais bacia leiteiras do Paí­s. “Houve um aumento considerável na produção nas regiões sul e centro sul por causa da prolongação do perí­odo chuvoso”, diz.

Com maior oferta, a indústria conseguiu reduzir o custo e ampliar a escala. “Isso também colaborou para investir em produtos de maior valor agregado”, conclui. O leite industrializado pode ser: fluí­do (pausterizado UHT); em pó ou desidratado (leite condensado e creme de leite) ; queijos e iogurte ou bebidas lácteas.

Fonte: Portal DBO

Toda reclamação originada das informações contidas no site de eDairy News será submetida à jurisdição dos Tribunais Ordinários do Primeiro Distrito Judicial da Província de Córdoba, República Argentina, sediado na Cidade de Córdoba, com exclusão de qualquer outro local, incluso o Federal.

*

Critérios na moderação de comentários em termos de publicação e Notícias de produtos em todas as suas publicações.

  • No sé considerarán insultos de qualquer tipo em contra de qualquer persona, sea usuario, moderador ó editor. Apenas se aceitar denuncias realizadas com nome e apelido do autor do comentario, previa confirmação de moderador.
  • Críticas destructivas infundadas e gratuitas, expressões de mal gusto, sean ofensivas, racistas ou xenófobas.
  • Hacer SPAM, (Insertar vínculos de páginas web sem links para o tema, correções eletrônicas, etc ...)
  • Comentários que não tem sentido com a nota no setor lácteo.

Related posts


Top