BRF investirá R$ 66 mi para produzir queijo no RS

#Portalacteo:BRF investirá R$ 66 mi para produzir queijo no RS

A empresa não confirma a informação e deixa claro que o valor do investimento é divulgado apenas do momento do anúncio oficial

São Paulo – A BRF Brasil Foods confirmou nesta quarta-feira, por meio de sua assessoria de imprensa, que estuda um investimento em Tríªs de Maio, no noroeste do Rio Grande do Sul, após a prefeitura do municí­pio divulgar que a expansão da unidade aguarda apenas a concessão de incentivos fiscais do governo estadual.

Conforme o secretário de Planejamento de Tríªs de Maio, Leonardo Casali, a empresa teria manifestado interesse em produzir queijo e derivados, em um investimento que somaria R$ 66 milhões. A empresa não confirma a informação e deixa claro que o valor do investimento é divulgado apenas do momento do anúncio oficial.

A unidade deve ser construí­da anexa í  planta atual, de leite em pó, no municí­pio. Segundo a Secretaria estadual de Desenvolvimento e Promoção do Investimento (SDPI), o projeto está no órgão competente para a análise de concessão de benefí­cios fiscais. Não há prazo para o anúncio dos incentivos concedidos.
http://exame.abril.com.br/negocios/empresas/noticias/brf-investira-r-66-bi-para-produzir-queijo-no-rs–2

Tags: , ,
Toda reclamação originada das informações contidas no site de eDairy News será submetida à jurisdição dos Tribunais Ordinários do Primeiro Distrito Judicial da Província de Córdoba, República Argentina, sediado na Cidade de Córdoba, com exclusão de qualquer outro local, incluso o Federal.

*

Critérios na moderação de comentários em termos de publicação e Notícias de produtos em todas as suas publicações.

  • No sé considerarán insultos de qualquer tipo em contra de qualquer persona, sea usuario, moderador ó editor. Apenas se aceitar denuncias realizadas com nome e apelido do autor do comentario, previa confirmação de moderador.
  • Críticas destructivas infundadas e gratuitas, expressões de mal gusto, sean ofensivas, racistas ou xenófobas.
  • Hacer SPAM, (Insertar vínculos de páginas web sem links para o tema, correções eletrônicas, etc ...)
  • Comentários que não tem sentido com a nota no setor lácteo.

Related posts


Top