ÔĽŅ Mastite bovina pode reduzir em at√© 45% a produ√ß√£o de leite

#Portalacteo:Mastite bovina pode reduzir em até 45% a produção de leite

A mastite √© uma doen√ßa que atinge vacas leiteiras e causa a inflama√ß√£o da gl√≠¬Ęndula mam√°ria, ocasionando preju√≠¬≠zos √≠¬† atividade de produ√ß√£o de leite. De acordo com a pesquisadora da Embrapa Rond√≠¬īnia, Juliana Dias, a doen√ßa pode provocar diminui√ß√£o da produ√ß√£o, morte ou descarte precoce de animais e queda na qualidade do produto final. Al√©m das perdas, a infec√ß√£o pode representar risco √≠¬† sa√ļde humana devido √≠¬† elimina√ß√£o de microrganismos e toxinas no leite consumido.

As bact√©rias s√£o as principais causadoras da mastite, mas ela tamb√©m pode ocorrer devido √≠¬† infec√ß√£o por fungos, algas e v√≠¬≠rus. A doen√ßa pode se apresentar de duas formas. A forma cl√≠¬≠nica √© caracterizada por altera√ß√£o no leite, podendo ocorrer tamb√©m anormalidades vis√≠¬≠veis no √ļbere, como aumento de temperatura e edema. J√° a forma subcl√≠¬≠nica √© caracterizada pela aus√≠¬™ncia de altera√ß√Ķes vis√≠¬≠veis a olho nu. √Ę‚ā¨ŇďA forma subcl√≠¬≠nica ocorre com mais frequ√≠¬™ncia sendo respons√°vel por cerca de 70% das perdas, e pode diminuir a produ√ß√£o de leite em at√© 45%√Ę‚ā¨¬Ě, informa Juliana.
Controle

Para o controle da mastite, um conjunto de medidas pode ser aplicado junto ao rebanho, como: realiza√ß√£o do teste da caneca telada em todas as ordenhas para o diagn√≥stico de mastite cl√≠¬≠nica; realiza√ß√£o do California Mastitis Test (CMT) a cada quinze dias para o diagn√≥stico da mastite subcl√≠¬≠nica; desinfec√ß√£o das tetas antes da ordenha; secagem das tetas com papel toalha; realiza√ß√£o da ordenha manual ou coloca√ß√£o da ordenhadeira mec√≠¬Ęnica; desinfec√ß√£o das tetas ap√≥s a ordenha e alimenta√ß√£o dos animais para que eles permane√ßam em p√© at√© o completo fechamento do esf√≠¬≠ncter da teta.

√Ę‚ā¨ŇďPara evitar a transmiss√£o da mastite, al√©m do manejo de ordenha adequado, recomenda-se a implanta√ß√£o da linha de ordenha, utilizando como base o resultado do CMT. A linha √© estruturada de forma que as vacas negativas sejam ordenhadas primeiramente. Em seguida, as vacas com mastite subcl√≠¬≠nica e, por √ļltimo, os animais com mastite cl√≠¬≠nica√Ę‚ā¨¬Ě, explica Juliana.

Os animais que estiverem recebendo tratamento devem ser marcados e o leite deles descartado durante o per√≠¬≠odo, para evitar a presen√ßa de res√≠¬≠duos no leite do tanque ou lat√£o. Outra medida √© a limpeza e manuten√ß√£o dos equipamentos de ordenha a cada seis meses, visando garantir a sanidade da gl√≠¬Ęndula mam√°ria. A lavagem do equipamento deve ser feita imediatamente ap√≥s a ordenha seguindo as instru√ß√Ķes do fabricante.

Durante a secagem, o uso de antibi√≥ticos espec√≠¬≠ficos em todos os quartos do animal √© fundamental para o tratamento de casos subcl√≠¬≠nicos, adquiridos durante a lacta√ß√£o, e tamb√©m para a preven√ß√£o de novas infec√ß√Ķes durante o per√≠¬≠odo seco. A recomenda√ß√£o √© que o animal tratado seja acompanhado durante as duas primeiras semanas p√≥s-tratamento. De acordo com Juliana, as vacas com mastite cr√≠¬īnica n√£o curada n√£o devem ser utilizadas para a produ√ß√£o nem ficar junto com o restante do rebanho.
Prevenção e monitoramento

Para evitar a ocorríªncia da mastite no rebanho, recomenda-se a análise do California Mastitis Test (CMT) ou CCS, ouexame microbiológico do leite, dos animais a serem comprados. O monitoramento da doença deve ser feito através da coleta sistemática de dados de CCS dos animais.

http://www.expressomt.com.br/economia-agronegocio/mastite-bovina-pode-reduzir-em-ate-45-a-producao-de-leite-29415.html

Toda reclama√ß√£o originada das informa√ß√Ķes contidas no site de eDairy News ser√° submetida √† jurisdi√ß√£o dos Tribunais Ordin√°rios do Primeiro Distrito Judicial da Prov√≠ncia de C√≥rdoba, Rep√ļblica Argentina, sediado na Cidade de C√≥rdoba, com exclus√£o de qualquer outro local, incluso o Federal.

*

Crit√©rios na modera√ß√£o de coment√°rios em termos de publica√ß√£o e Not√≠cias de produtos em todas as suas publica√ß√Ķes.

  • No s√© considerar√°n insultos de qualquer tipo em contra de qualquer persona, sea usuario, moderador √≥ editor. Apenas se aceitar denuncias realizadas com nome e apelido do autor do comentario, previa confirma√ß√£o de moderador.
  • Cr√≠ticas destructivas infundadas e gratuitas, express√Ķes de mal gusto, sean ofensivas, racistas ou xen√≥fobas.
  • Hacer SPAM, (Insertar v√≠nculos de p√°ginas web sem links para o tema, corre√ß√Ķes eletr√īnicas, etc ...)
  • Coment√°rios que n√£o tem sentido com a nota no setor l√°cteo.

Related posts

ÔĽŅ
Top