Portugal: Produtores de #leite preocupados com rumores de descida dos preços à produção em Abril – eDairyNews Últimas notícias
Sin categoría |28 marzo, 2014

Indústria | Portugal: Produtores de #leite preocupados com rumores de descida dos preços à produção em Abril

    A Associação dos Produtores de Leite de Portugal (Aprolep) manifestou hoje “preocupação” com uma eventual descida do preço…

 

 

A Associação dos Produtores de Leite de Portugal (Aprolep) manifestou hoje “preocupação” com uma eventual descida do preço do leite ao produtor a partir de abril e apelou ao “esforço partilhado” da indústria e distribuição para o evitar.

 

“Vários produtores de leite foram recentemente surpreendidos com mensagens enviadas por alguns compradores avisando sobre uma prevista baixa do preço em abril, justificada com o ‘mercado’ e baixas de preço noutros países da Europa, mas sem adiantar o valor em causa”, refere a Aprolep em comunicado.

 

Segundo recorda, esta situação “coincidiu com notícias divulgadas pela comunicação social espanhola, segundo as quais vários compradores de leite estariam a preparar os produtores para baixas de preço”.

 

De acordo com a associação, nunca foram avançados “números exatos porque, entre outras razões, todos aguardam os ajustes das outras empresas lácteas”.

 

Para a Aprolep, estas notícias são “particularmente preocupantes” numa altura em que se avizinham “grandes despesas” para os produtores de leite relacionadas com a colheita das forragens da primavera e com a sementeira do milho.

 

E, acrescenta, “a preocupação aumenta quando se perspetiva que o preço das rações volte a subir, porque ao preço alto da soja juntou-se a crise na Ucrânia, país exportador de cereais”.

 

Sustentando que a baixa no mercado mundial de produtos lácteos não é “justificação para idêntica descida a nível nacional ou ibérico”, a associação recorda que “o preço médio pago ao produtor em Portugal não acompanhou a subida registada no Norte da Europa no último ano”.

 

Aliás, refere, “os últimos dados divulgados pela Comissão Europeia, relativos a janeiro de 2014, apontam um preço médio de 40 cêntimos/Kg na União europeia, 38,2 em Espanha e 36,5 em Portugal”.

 

A Aprolep apela “à indústria e distribuição para uma reflexão sobre estes números, sobre o futuro do aprovisionamento do leite em Portugal e sobre a mensagem que pretendem enviar aos últimos resistentes que produzem leite. Se não foi possível acompanhar a subida registada noutros países, que haja agora um esforço partilhado para manter o preço e dar esperança aos produtores que têm muito trabalho pela frente e ainda dívidas para saldar”, sustenta.

 

Para a associação, a manutenção em Portugal de um preço ao produtor abaixo da média comunitária, “é a principal razão para que a produção de leite em Portugal na campanha 2013/2014 permaneça abaixo da quota disponível e 3,5% abaixo do ano anterior”.

 

Um “cenário preocupante” que, refere, “traduz bem as dificuldades que o setor tem atravessado nestes últimos três anos e que ainda não superou”.

 

A prová-lo aponta que “os produtores de leite são cada vez menos e em idade mais avançada”, tendo vindo também a assistir-se à redução do efetivo leiteiro e da área cultivada com milho para silagem.

 

 

Lusa/fim

 

 

 

Qualquer reivindicação decorrente das informações contidas no site eDairyNews será submetida à jurisdição dos Tribunais Ordinários do Primeiro Distrito Judicial da Província de Córdoba, República Argentina, com sede na cidade de Córdoba, com exclusão de qualquer outra jurisdição, incluindo a Federal.

Deja un comentario

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

Notas relacionadas