Preço do leite em Santa Catarina tem queda de 2,5% em outubro

Preço do leite em Santa Catarina tem queda de 2,5% em outubro

 

São Paulo, 26 – O pecuarista de leite de Santa Catarina deve experimentar em outubro o sexto mês seguido de preços em queda. O leite entregue em outubro, a ser pago em novembro pelos laticínios, terá uma redução de 2,5% nos valores de referência, o que equivale a 2 centavos a menos por litro, segundo cálculos do Conselho Paritário Produtor/Indústrias de Leite do Estado de Santa Catarina (Conseleite/SC).

Os valores projetados são os seguintes: leite acima do padrão R$ 1,0509/litro; leite padrão R$ 0,9138 e abaixo do padrão R$ 0,8307. Os valores se referem ao leite posto na propriedade com Funrural incluso. Segundo o Conseleite, a queda dos preços é causada pela redução generalizada do consumo e de todas as linhas de produtos lácteos industrializados pelas famílias brasileiras.

“Nunca o Brasil consumiu tão pouco leite”, lamenta em comunicado o vice-presidente do Conseleite e vice-presidente regional da Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Santa Catarina (Faesc), Adelar Maximiliano Zimmer. Ele alertou que a queda de preço este mês foi generalizada. “Houve redução em derivados e também no leite em pó e os valores estão se comparando aos de 2013, quando foram registrados os menores valores históricos”, comentou. “Uma opção que poderia amenizar a situação seria a compra do excedente de leite por parte do governo”, concluiu.

https://istoe.com.br/preco-do-leite-em-santa-catarina-tem-queda-de-25-em-outubro/

Tags: , ,
Toda reclamação originada das informações contidas no site de eDairy News será submetida à jurisdição dos Tribunais Ordinários do Primeiro Distrito Judicial da Província de Córdoba, República Argentina, sediado na Cidade de Córdoba, com exclusão de qualquer outro local, incluso o Federal.

*

Critérios na moderação de comentários em termos de publicação e Notícias de produtos em todas as suas publicações.

  • No sé considerarán insultos de qualquer tipo em contra de qualquer persona, sea usuario, moderador ó editor. Apenas se aceitar denuncias realizadas com nome e apelido do autor do comentario, previa confirmação de moderador.
  • Críticas destructivas infundadas e gratuitas, expressões de mal gusto, sean ofensivas, racistas ou xenófobas.
  • Hacer SPAM, (Insertar vínculos de páginas web sem links para o tema, correções eletrônicas, etc ...)
  • Comentários que não tem sentido com a nota no setor lácteo.

Related posts


Top