Preço do leite quase dobra no Rio de Janeiro – eDairyNews Últimas notícias
Brasil |22 junio, 2018

Leite | Preço do leite quase dobra no Rio de Janeiro

Preço do leite – A turismóloga Silmara Camis, de 56 anos, não abre mão do seu lanche da tarde: biscoito e café com leite. Por isso, percebeu que o preço do latinício aumentou recentemente nos supermercados.

Litro do leite já chega a quase seis reais na Zona Sul do Rio de Janeiro
Litro do leite já chega a quase seis reais na Zona Sul do Rio de Janeiro Foto: Pablo Jacob / Agência O Globo

A turismóloga Silmara Camis, de 56 anos, não abre mão do seu lanche da tarde: biscoito e café com leite. Por isso, percebeu que o preço do latinício aumentou recentemente nos supermercados. Dependendo do estabelecimento, o valor pode passar de R$ 5.

— Fui comprar leite hoje (20/6) e paguei R$ 5,79 na caixinha. Antes, o valor era R$ 3,10 aqui no Flamengo, onde moro — contou.

De acordo com André Portes, Diretor do Conselho de Comunicação e Marketing da Associação de Supermercados do Estado do Rio de Janeiro (Asserj), são vários os motivos que justificam o preço quase ter dobrado, já que antes o litro era encontrado por R$2,30 e, agora, é vendido por de R$ 4 a R$ 4,50, em média.

Somada à entressafra, comum no inverno, que costuma encarecer o preço do leite, a greve dos caminhoneiros — que começou em 21 de maio e durou dez dias — atrasou a chegada de ração às fazendas, o que fez com que as vacas não fossem alimentadas adequadamente, culminando numa produção menor.

Além disso, o fechamento da fábrica da Godam fez com que houvesse uma demanda maior do produto do que oferta. Sendo assim, o preço das outras marcas se elevou:

— As empresas só produzem o que sabem que vão vender. Com a saída da Godam, as outras marcas não deram conta dos consumidores. Somando isso aos outros fatores, nós tivemos essa elevação nos preços — explicou Portes.

O presidente do Sindicato da Indústria de Laticínios e Produtos Derivados do Estado do Rio de Janeiro (Sindilat), Antônio Carlos Cordeiro, discorda:

— A Godam tem fábrica também em Minas Gerais. A que foi fechada, no Rio, é relativamente pequena. Então, ao meu ver, nao existe uma relação de causa e efeito.

Para Cordeiro, o grande descarte de matéria-prima durante a greve dos caminhoneiros diminuiu a oferta de produto. Sendo assim, as indústrias estão tendo que pagar mais caro para os produtores, o que se reflete no varejo.

Apesar de a paralisação ter encerrado no fim de maio, não existe previsão para que o preço do leite volte ao patamar anterior.

https://extra.globo.com/noticias/economia/preco-do-leite-quase-dobra-no-rio-de-janeiro-22803138.html

Qualquer reivindicação decorrente das informações contidas no site eDairyNews será submetida à jurisdição dos Tribunais Ordinários do Primeiro Distrito Judicial da Província de Córdoba, República Argentina, com sede na cidade de Córdoba, com exclusão de qualquer outra jurisdição, incluindo a Federal.

Deja un comentario

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

Notas relacionadas