Preço do leite recua e setor tem nova regra

#Preço do leite recua e setor tem nova regra

O preço médio pago ao produtor de leite do paí­s em junho (referente í  produção entregue em maio) foi de R$ 0,81 por litro, valor semelhante ao mesmo perí­odo de 2011. Na comparação, a remuneração do pecuarista foi menor se descontada a inflação de 4,5% do perí­odo. O preço de junho, inclusive, foi inferior a maio (R$ 0,82 por litro), apesar da entressafra, quando a oferta de leite no mercado é reduzid

Na avaliação da Scot Consultoria, a queda nos preços foi mais acentuada nos Estados do Mato Grosso, a variação entre maio e junho foi negativa de 2,52%, seguido por Paraná (-1,5%), Minas Gerais (-1,32%), Rio Grande do Sul (-1,2%) e São Paulo (-1%). O mercado spot registrou um declí­nio entre maio (R$ 0,89 por litro) e junho (R$ 0,87 por litro); e o preço do leite longa vida teve ligeiro aumento em junho, com R$ 2,28 por litro, em relação a maio com R$ 2,27.

Desde o último dia 20, o setor convive com uma nova norma. Foi publicado no Diário Oficial da União (DOU) a Lei 12.669 que obriga os laticí­nios a informarem aos produtores o valor pago pelo litro até o dia 25 do míªs anterior í  entrega do produto. Atualmente, o pecuarista é informado sobre o preço um míªs após a entrega.

Fonte: Valor Econí´mico

Toda reclamação originada das informações contidas no site de eDairy News será submetida à jurisdição dos Tribunais Ordinários do Primeiro Distrito Judicial da Província de Córdoba, República Argentina, sediado na Cidade de Córdoba, com exclusão de qualquer outro local, incluso o Federal.

*

Critérios na moderação de comentários em termos de publicação e Notícias de produtos em todas as suas publicações.

  • No sé considerarán insultos de qualquer tipo em contra de qualquer persona, sea usuario, moderador ó editor. Apenas se aceitar denuncias realizadas com nome e apelido do autor do comentario, previa confirmação de moderador.
  • Críticas destructivas infundadas e gratuitas, expressões de mal gusto, sean ofensivas, racistas ou xenófobas.
  • Hacer SPAM, (Insertar vínculos de páginas web sem links para o tema, correções eletrônicas, etc ...)
  • Comentários que não tem sentido com a nota no setor lácteo.

Related posts


Top