Preço do leite volta a decepcionar produtores no interior; custos de

Preço do leite volta a decepcionar produtores no interior; custos de produção sobem 

Preço do leite volta a decepcionar produtores no interior; custos de produção sobem 

O preço do leite volta a decepcionar no Cone Sul de Rondônia. Neste mês de maio, os laticínios pagaram R$ 0,81 centavos o litro do produto in natura – isso para o fornecedor que entrega o produto refrigerado e que usa ordenha mecânica.

No ano passado, o mesmo litro chegou a valer R$ 1,18, mas este patamar, o maior registrado na região sul rondoniense, nunca mais voltou a ser atingido.

Um produtor de Cerejeiras expõe a situação do preço baixo pago pelo leite no município. “Eu comprava o saco de sal a R$ 40,00, mas hoje a mesma saca está valendo R$ 90,00. Ou seja, os custos de produção do leite sobem, mas o preço de venda só baixa”, reclamou o produtor, que preferiu não se identificar.

O preço atual pago ao leite no interior do Cone Sul coincide com o valor pago ao produto há quase cinco anos, em 2013, quando o jornal impresso FOLHA DO SUL noticiou que a cotação, na época, estava a R$ 0,84 o litro.

Autor / Fonte: Folha do Sul 

Toda reclamação originada das informações contidas no site de eDairy News será submetida à jurisdição dos Tribunais Ordinários do Primeiro Distrito Judicial da Província de Córdoba, República Argentina, sediado na Cidade de Córdoba, com exclusão de qualquer outro local, incluso o Federal.

*

Critérios na moderação de comentários em termos de publicação e Notícias de produtos em todas as suas publicações.

  • No sé considerarán insultos de qualquer tipo em contra de qualquer persona, sea usuario, moderador ó editor. Apenas se aceitar denuncias realizadas com nome e apelido do autor do comentario, previa confirmação de moderador.
  • Críticas destructivas infundadas e gratuitas, expressões de mal gusto, sean ofensivas, racistas ou xenófobas.
  • Hacer SPAM, (Insertar vínculos de páginas web sem links para o tema, correções eletrônicas, etc ...)
  • Comentários que não tem sentido com a nota no setor lácteo.

Related posts


Top