Prefeitos discutem programa de desenvolvimento sustentável

Prefeitos discutem programa de desenvolvimento sustentável

Propostas serão cadastradas no programa pelas prefeituras

O coordenador geral da Secretaria de Desenvolvimento do Centro Oeste do Ministério da Integração Nacional, Ubajara Berocan Leite e o diretor de Promoção de Investimentos da Secretaria, o engenheiro sanitarista Cleber ívila, se reuniram na tarde de segunda-feira(02) com representantes de 12 municí­pios do Estado de Mato Grosso para discutir a inclusão de proposta voluntária no Programa de Desenvolvimento Regional, Territorial Sustentável e Economia Solidária. O Programa visa o desenvolvimento sustentável e a superação das desigualdades regionais e da pobreza extrema. A reunião foi realizada em Cuiabá, no gabinete do deputado federal Valtenir Pereira, que apoia o Projeto do Ministério da Integração.

Cleber esclareceu que os prefeitos são peças chaves na definição das propostas a serem cadastradas no Programa. “Quem conhece melhor o municí­pio são vocíªs (prefeitos)”, se referindo í s propostas que melhor atenderão a população em situação de pobreza.

O prefeito do municí­pio de Nortelí¢ndia, Neurilan Fraga, disse que a proposta que ele incluirá no Programa beneficiará nove municí­pios. “A nossa proposta será para a inclusão de uma confecção em jeans, malha etc, e ainda da cadeia produtiva do leite. O objetivo é fazer a inclusão produtiva, auxiliar o pequeno produtor”, ressaltou o prefeito.

Em Poconé, o prefeito Tico de Arlindo incluirá no programa a criação de uma horta e o beneficiamento da castanha de cumbaru, fruto nativo do cerrado mato-grossense.

A coleta seletiva do lixo e o arranjo produtivo da piscicultura será a proposta a ser incluí­da pelo prefeito do municí­pio de Nossa Senhora do Livramento, Zenildo Sampaio. O prefeito se mostrou preocupado com a celeridade na aprovação das propostas e na liberação dos recursos para execução dos projetos. “Espero que as propostas sejam analisadas o mais rápido possí­vel, assim como a liberação dos recursos. Não quero criar expectativa na população e frustrá-los”, disse o prefeito.

A reunião contou com a presença dos prefeitos de Novo Mundo, José Hélio; de Rosário Oeste, Joemil Araújo; Jangada, Valdecir Kemer; Santo Afonso, Silvio Santo; Nortelí¢ndia, Neurilan Fraga; Poconé, Tico de Arlindo; Nossa Senhora do Livramento, Zenildo Sampaio; Nova Maringá, Oscar José de Carvalho; e Itanhangá, Vanderlei Proença Ribeiro. Também estiveram presentes o secretário de Agricultura de Torixoréu, secretário de Saúde de Barão de Melgaço, João Batista Ribeiro, superintendente de Comércio e Produção de Cuiabá, Rodrigo Rodrigues e representantes da Secretaria de Desenvolvimento Rural Agricultura Familiar (Sedraf), Paulo de Tarso Martins, gerente de ovinocultura e Marcelle Rossi, coordenadora de projetos.

Conheça o Programa

O Programa de Desenvolvimento Regional, Territorial Sustentável e Economia Solidária tíªm por objetivo estruturar e adensar arranjos produtivos locais e cadeias produtivas em múltiplas escalas, com vistas ao desenvolvimento sustentável, í  competitividade e í  superação das desigualdades regionais e da pobreza extrema por meio da dinamização econí´mica e da inclusão produtiva.

O Programa possui critérios de priorização para Projetos vinculados í s cadeias produtivas da fruticultura, piscicultura, ovinocaprinocultura, apicultura e economia criativa; Menor custo per capita para beneficiar a população em situação de extrema pobreza; Proponente com resultados positivos em projetos já desenvolvidos junto ao Ministério da Integração; Participação do Governo Estadual; Atividades de caráter coletivo (associativo/cooperativo); Viabilidade técnica e financeira do projeto, dentre outros.

DA ASSESSORIA

Toda reclamação originada das informações contidas no site de eDairy News será submetida à jurisdição dos Tribunais Ordinários do Primeiro Distrito Judicial da Província de Córdoba, República Argentina, sediado na Cidade de Córdoba, com exclusão de qualquer outro local, incluso o Federal.

*

Critérios na moderação de comentários em termos de publicação e Notícias de produtos em todas as suas publicações.

  • No sé considerarán insultos de qualquer tipo em contra de qualquer persona, sea usuario, moderador ó editor. Apenas se aceitar denuncias realizadas com nome e apelido do autor do comentario, previa confirmação de moderador.
  • Críticas destructivas infundadas e gratuitas, expressões de mal gusto, sean ofensivas, racistas ou xenófobas.
  • Hacer SPAM, (Insertar vínculos de páginas web sem links para o tema, correções eletrônicas, etc ...)
  • Comentários que não tem sentido com a nota no setor lácteo.


Top