Produção de leite cai no estado e consumidor percebe aumento do preço

Produção de leite cai no estado e consumidor percebe aumento do preço

O Tocantins produz 300 milhões de litros por dia, mas na época de estiagem, a produção cai até 50%. Por isso, o valor do produto aumenta quase que na mesma proporção.

Consumidores percebem aumento no valor do leite

Consumidores percebem aumento no valor do leite

Os consumidores perceberam o aumento no preço do leite no estado. O Tocantins produz 300 milhões de litros por dia. É o terceiro produtor da região norte, mas na época de estiagem, a produção cai até 50%. Por isso, o valor aumenta quase na mesma proporção.

Os laticínios estão pagando de 20% a 30% a mais pelo preço do litro do leite in natura. Quando o produto chega aos supermercados, fica ainda mais caro para o consumidor.

A administradora Taciana Costa olhou, conferiu e decidiu não vai levar o leite porque o preço estava nas alturas. “Vou pesquisar mais, esperar baixar um pouquinho ou ver se encontro uma promoção”, diz.

A secretária Nilde do Carmo até que levou três caixinhas. Reclamou do preço, mas não tinha outra opção. “Na realidade não gosto desse leite, estou procurando o in natura, mas está difícil, então a gente arrisca levar esse.”

O litro do leite pode ser encontrado a quase R$ 4. O veterinário da Secretaria Estadual de Agricultura, Tiago Túlio, explica o porquê.

“Tem a ver com um pouco da queda da produção do milho safrinha, que a gente teve tanto no estado, quanto em nível nacional. A gente sabe que o milho é o principal componente das rações dos bovinos. Se tem queda na produção, o produtor deixa de investir e consequentemente a produção do animal cai ainda mais nesse período seco. Tem também a questão dos laticínios estarem pagando um pouco a mais do preço do leite, pela baixa oferta que tem no mercado.”

https://g1.globo.com/to/tocantins/post/2018/08/06/producao-de-leite-cai-no-estado-e-consumidor-percebe-aumento-do-preco.ghtml

Toda reclamação originada das informações contidas no site de eDairy News será submetida à jurisdição dos Tribunais Ordinários do Primeiro Distrito Judicial da Província de Córdoba, República Argentina, sediado na Cidade de Córdoba, com exclusão de qualquer outro local, incluso o Federal.

*

Critérios na moderação de comentários em termos de publicação e Notícias de produtos em todas as suas publicações.

  • No sé considerarán insultos de qualquer tipo em contra de qualquer persona, sea usuario, moderador ó editor. Apenas se aceitar denuncias realizadas com nome e apelido do autor do comentario, previa confirmação de moderador.
  • Críticas destructivas infundadas e gratuitas, expressões de mal gusto, sean ofensivas, racistas ou xenófobas.
  • Hacer SPAM, (Insertar vínculos de páginas web sem links para o tema, correções eletrônicas, etc ...)
  • Comentários que não tem sentido com a nota no setor lácteo.

Related posts


Top