Produção de leite das 5 principais regiões exportadoras cresceu 2,1% comparado a fevereiro de 2017 - eDairy News

Produção de leite das 5 principais regiões exportadoras cresceu 2,1% comparado a fevereiro de 2017

O clima desfavorável desacelerou o crescimento da produção média diária na UE-28, mas mesmo assim, o aumento foi de 4% e 6% em relação ao ano anterior (desde setembro). A maioria das principais regiões produtoras registrou um aumento interanual na produção, com exceção da Nova Zelândia, que registrou queda nas entregas de 2,3%. De acordo com um relatório do Rabobank, os preços do leite ao produtor foram reduzidos na maioria das regiões exportadoras e teriam caído em até 15% em algumas áreas desde o início de 2018.

O crescimento da oferta de leite está superando a demanda de importações e isso pode continuar acontecendo no segundo trimestre. Como resultado, o aumento nos preços mundiais de commodities seria limitado e poderia causar alguma pressão de queda nos preços.

Do lado positivo dos preços mundiais, os importadores poderiam começar a acelerar as compras para obter cobertura de estoque de curto prazo, com expectativa de uma mudança no saldo na segunda metade de 2018.

 

Fonte: Milk Point

Autor: Milk Point

Imagem: Milk Point

Toda reclamação originada das informações contidas no site de eDairy News será submetida à jurisdição dos Tribunais Ordinários do Primeiro Distrito Judicial da Província de Córdoba, República Argentina, sediado na Cidade de Córdoba, com exclusão de qualquer outro local, incluso o Federal.

*

Critérios na moderação de comentários em termos de publicação e Notícias de produtos em todas as suas publicações.

  • No sé considerarán insultos de qualquer tipo em contra de qualquer persona, sea usuario, moderador ó editor. Apenas se aceitar denuncias realizadas com nome e apelido do autor do comentario, previa confirmação de moderador.
  • Críticas destructivas infundadas e gratuitas, expressões de mal gusto, sean ofensivas, racistas ou xenófobas.
  • Hacer SPAM, (Insertar vínculos de páginas web sem links para o tema, correções eletrônicas, etc ...)
  • Comentários que não tem sentido com a nota no setor lácteo.

Related posts


Top