Produção leiteira capixaba recebe incentivo do Governo

#Produção leiteira capixaba recebe incentivo do Governo

A Secretaria Estadual de Agricultura lançou nessa quinta-feira, 17, uma ação para incentivar a produção leiteira no Espí­rito Santo, através da aquisição e repasse de 21,6 mil doses de síªmen sexado de touros puros, e provados, de raças leiteiras a 300 pequenos produtores que trabalham com gado de leite de todas as regiões do Estado.

A iniciativa faz parte das ações da Secretaria, dentro do Programa Capixaba de Melhoramento Genético do Gado de Leite em Propriedades Familiares. Serão investidos R$ 1,14 milhão. O lançamento dessa ação ocorreu na Fazenda Experimental do Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistíªncia Técnica e Extensão Rural (Incaper), em Pacotuba, Cachoeiro de Itapemirim, durante o Encontro de Produtores de Leite.

Para participar, o produtor familiar deverá se inscrever nas cooperativas em que é filiado. Caso não esteja associado ao sistema cooperativista, o pequeno produtor interessado poderá recorrer ao escritório do Incaper no municí­pio em que está localizada a propriedade rural, í  Associação de Criadores e Produtores de Gado de Leite do Espí­rito Santo (ACPGLES) e a uma cooperativa de laticí­nios.

Cada produtor poderá inscrever até 12 vacas para participar do projeto, que terá duração de tríªs anos. Em cada ano, os animais serão inseminados com as doses repassadas pela Seag. Este trabalho será desenvolvido por técnicos capacitados. Ao produtor caberá arcar apenas com os custos parciais da inseminação, fixados previamente a R$ 15,00 por dose recebida.

O projeto será conduzido em parceria com a Organização das Cooperativas Brasileiras do Estado do Espí­rito Santo (OCB/ES) e com a ACPGLES.
Fonte: Campo Vivo

Toda reclamação originada das informações contidas no site de eDairy News será submetida à jurisdição dos Tribunais Ordinários do Primeiro Distrito Judicial da Província de Córdoba, República Argentina, sediado na Cidade de Córdoba, com exclusão de qualquer outro local, incluso o Federal.

*

Critérios na moderação de comentários em termos de publicação e Notícias de produtos em todas as suas publicações.

  • No sé considerarán insultos de qualquer tipo em contra de qualquer persona, sea usuario, moderador ó editor. Apenas se aceitar denuncias realizadas com nome e apelido do autor do comentario, previa confirmação de moderador.
  • Críticas destructivas infundadas e gratuitas, expressões de mal gusto, sean ofensivas, racistas ou xenófobas.
  • Hacer SPAM, (Insertar vínculos de páginas web sem links para o tema, correções eletrônicas, etc ...)
  • Comentários que não tem sentido com a nota no setor lácteo.

Related posts


Top