Produtores de leite apostam em novos investimentos para melhorar a

Produtores de leite apostam em novos investimentos para melhorar a produção e a renda

Mesmo com anúncio da recuperação dos preços, os produtores ainda têm receio do comportamento do mercado na área do leite.

O Conseleite anunciou na última semana o aumento dos preços pagos em março, recuperação que já era prevista pelo conselho.

Conforme o produtor de leite de linha Aparecida, Iporã do Oeste, Anderson Sehn, nos últimos anos a atividade leiteira vem sofrendo muitas oscilações.

Enquanto há cerca de um ano os produtores comemoravam os bons preços, no momento, o preço pago pelo litro do leite registra um dos valores mais baixos o que resultou numa crise significativa para a atividade.

O baixo preço é agravado pelo alto custo de produção. Anderson Sehn afirma que a negociação por melhores preços ocorre mensalmente com as empresas de lacticínios, e falar em expectativa de recuperação após a crise iniciada em 2017 talvez seja muito cedo tendo em vista as mudanças frequentes do mercado, ainda mais se for levado em conta que 2018 é ano de eleições.

A propriedade da família Sehn trabalha há um ano com três ordenhas diárias e há algum tempo com o sistema free stall de confinamento.

Anderson Sehn explica que com as duas ordenhas normais, a média diária por animal chegava a 33 litros, e agora, com mais uma ordenha, a média subiu para 39,5 litros por animal.

A dificuldade maior que o produtor relata é a falta de mão de obra, sendo necessária a contratação de mais dois funcionários para atender a demanda.

O produtor de leite comenta que além de aumentar a produção, a terceira ordenha também melhorou a sanidade dos animais e reduziu problemas, como a mastite.

Ele projeta novos investimentos com a instalação do sistema de luz solar, e a climatização para aumentar o conforto dos animais. O agricultor cita também a importância dos investimentos em genética para aumentar a produção por animal.

Toda reclamação originada das informações contidas no site de eDairy News será submetida à jurisdição dos Tribunais Ordinários do Primeiro Distrito Judicial da Província de Córdoba, República Argentina, sediado na Cidade de Córdoba, com exclusão de qualquer outro local, incluso o Federal.

*

Critérios na moderação de comentários em termos de publicação e Notícias de produtos em todas as suas publicações.

  • No sé considerarán insultos de qualquer tipo em contra de qualquer persona, sea usuario, moderador ó editor. Apenas se aceitar denuncias realizadas com nome e apelido do autor do comentario, previa confirmação de moderador.
  • Críticas destructivas infundadas e gratuitas, expressões de mal gusto, sean ofensivas, racistas ou xenófobas.
  • Hacer SPAM, (Insertar vínculos de páginas web sem links para o tema, correções eletrônicas, etc ...)
  • Comentários que não tem sentido com a nota no setor lácteo.

Related posts


Top