Produtores de leite recebem apoio de R$ 850 mil do governo federal

Produtores de leite recebem apoio de R$ 850 mil do governo federal

 

A Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) irá adquirir 61 toneladas de leite em pó de agricultores familiares do Paraná. A ação ocorrerá por meio de por meio de Compra Direta do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) e beneficiará 107 pequenos produtores da Cooperativa Agroindustrial de Captação de Leite (COOPLEITE) e da Cooperativa Agroindustrial de Londrina. Para a aquisição, serão destinados cerca de R$ 850 mil do Ministério do Desenvolvimento Social (MDS).

Cooperativas de todo o país puderam participar da compra. No Paraná, os dois projetos apresentados foram contemplados. A medida ocorre como forma de regular o mercado e sustentar o preço ao pequeno produtor, uma vez que o valor de comercialização do leite em pó está em queda no estado.

O produto adquirido será doado a pessoas em condições de insegurança alimentar e nutricional, conforme demanda do MDS.

A compra foi autorizada pelo Grupo Gestor do PAA, que reajustou os preços de referência de R$ 12 para R$ 13,94 o quilo. Os valores não eram corrigidos desde 2012. Em todo país estão sendo investidos R$ 15 milhões para a compra do leite em pó.

A Compra Direta da produção da agricultura familiar ocorre quando os preços de mercado estão baixos ou quando há necessidade de atendimento de demandas por alimentos para populações em condição de insegurança alimentar, ajustando a disponibilidade de produtos às necessidades de consumo.

Fonte: CONAB

Toda reclamação originada das informações contidas no site de eDairy News será submetida à jurisdição dos Tribunais Ordinários do Primeiro Distrito Judicial da Província de Córdoba, República Argentina, sediado na Cidade de Córdoba, com exclusão de qualquer outro local, incluso o Federal.

*

Critérios na moderação de comentários em termos de publicação e Notícias de produtos em todas as suas publicações.

  • No sé considerarán insultos de qualquer tipo em contra de qualquer persona, sea usuario, moderador ó editor. Apenas se aceitar denuncias realizadas com nome e apelido do autor do comentario, previa confirmação de moderador.
  • Críticas destructivas infundadas e gratuitas, expressões de mal gusto, sean ofensivas, racistas ou xenófobas.
  • Hacer SPAM, (Insertar vínculos de páginas web sem links para o tema, correções eletrônicas, etc ...)
  • Comentários que não tem sentido com a nota no setor lácteo.

Related posts


Top