ÔĽŅ Produtores #leiteiros comemoram melhoria da qualidade e estrutura

Produtores #leiteiros comemoram melhoria da qualidade e estrutura

 

 

‚ÄúAgora o pequeno produtor finalmente aparece e ganha seu espa√ßo‚ÄĚ. √Č com declara√ß√Ķes assim, como a do produtor Luiz Eug√™nio dos Santos, de Jacar√© dos Homens, que os criadores de gado se referem ao programa Alagoas Mais Leite, desenvolvido no Estado desde 2009. Com a iniciativa, os pequenos agricultores familiares, organizados em associa√ß√Ķes ou cooperativas, passaram a ter, al√©m de uma produ√ß√£o qualificada, mais estrutura.

Luiz Eugênio tem 57 anos, e é um dos 40 agricultores ligados à ApplaLeite, associação que atende à comunidade do Alto da Madeira, na zona rural de Jacaré dos Homens. Todos os dias, o produtor conta com a ajuda do filho, João, para levar o leite retirado do rebanho para a sede da associação.

L√° o produto √© armazenado em tanques de resfriamento e, posteriormente, √© recolhido por caminh√Ķes com tanques isot√©rmicos disponibilizados pela Secretaria de Estado da Agricultura e do Desenvolvimento Agr√°rio (Seagri). Depois disso, o leite √© transportado para futura comercializa√ß√£o em fazendas e latic√≠nios da regi√£o da Bacia Leiteira, com a temperatura adequada e qualidade garantida.

‚ÄúAntes desse programa, n√≥s √©ramos totalmente dependentes dos atravessadores da regi√£o. Eles √© que regulavam o pre√ßo pelo litro do leite, e normalmente era sempre um valor abaixo do praticado pelo mercado‚ÄĚ, afirma o produtor Luiz Eug√™nio. ‚ÄúA produ√ß√£o leiteira √© uma das principais fontes de renda da gente, os pequenos produtores, e a chegada de um programa de governo para regulamentar o pre√ßo da nossa comercializa√ß√£o √© extremamente importante‚ÄĚ, garante.

De acordo com os produtores da regi√£o, o litro do leite normalmente √© vendido para os atravessadores a um pre√ßo que varia entre R$ 0,60 e R$ 0,80 centavos. J√° com o interm√©dio do Programa Alagoas Mais Leite, esse valor passou a ser fixo e ao pre√ßo de R$ 1,14. Al√©m do pre√ßo, o produto passa a agregar valor em outro segmento muito importante para o desenvolvimento da regi√£o, que √© a venda do leite para a comunidade via Programa de Aquisi√ß√£o de Alimentos (PAA). A iniciativa j√° distribuiu em Alagoas cerca de 26 milh√Ķes de litros de leite de vaca somente em 2013.

‚Äú√Č um pre√ßo justo e que faz com que o atravessador tenha que se adequar caso a gente encontre uma boa oportunidade de negociar com ele. Por√©m, atualmente √© muito mais interessante comercializar nossa produ√ß√£o via associa√ß√£o‚ÄĚ, diz o tamb√©m produtor leiteiro Ad√£o Cordeiro, do Alto da Madeira. ‚ÄúL√°, n√≥s temos acesso a outros tipos de benef√≠cios importantes, como o apoio t√©cnico. N√≥s sempre somos acompanhados pelos representantes dos √≥rg√£os estaduais, como a Seagri e a Emater. Isso n√£o ocorria antes‚ÄĚ, completa.

Melhoria genética

O Alagoas Mais Leite também beneficiou os pequenos produtores de Jacaré dos Homens com uma nova iniciativa, que promete potencializar ainda mais o comércio leiteiro da região. Foram entregues à comunidade, além de outras melhorias, kits de ordenha manual higiênica, analisadores de qualidade do leite e máquinas forrageiras para o preparo de mantimento para o gado. Também foi promovida uma capacitação para usar os kits, evitando, assim, que os tanques de armazenamento de leite sejam afetados.

Mas a principal medida não é vista a olho nu, ao menos no início dos trabalhos. Apesar de ainda estar no início das atividades, a ApplaLeite também recebeu um botijão de nitrogênio com doses de sêmen de touros de elevado valor genético para melhoramento do rebanho. Com a inseminação do sêmen nas vacas, o futuro rebanho virá com potencial leiteiro ainda maior.

‚Äú√Č algo sensacional para n√≥s. Aqui na minha fazenda, n√≥s mesmos inseminamos a Floresta, a Estrela e a Morena, vacas que j√° tinham grande potencial produtivo, para que as novas bezerras venham ainda melhores. Nossa expectativa √© aumentar nossa produ√ß√£o em cerca de 30% quando as novas vacas estejam para dar leite‚ÄĚ, projeta Luiz Eug√™nio.

por Agência Alagoas

 

 

Toda reclama√ß√£o originada das informa√ß√Ķes contidas no site de eDairy News ser√° submetida √† jurisdi√ß√£o dos Tribunais Ordin√°rios do Primeiro Distrito Judicial da Prov√≠ncia de C√≥rdoba, Rep√ļblica Argentina, sediado na Cidade de C√≥rdoba, com exclus√£o de qualquer outro local, incluso o Federal.

*

Crit√©rios na modera√ß√£o de coment√°rios em termos de publica√ß√£o e Not√≠cias de produtos em todas as suas publica√ß√Ķes.

  • No s√© considerar√°n insultos de qualquer tipo em contra de qualquer persona, sea usuario, moderador √≥ editor. Apenas se aceitar denuncias realizadas com nome e apelido do autor do comentario, previa confirma√ß√£o de moderador.
  • Cr√≠ticas destructivas infundadas e gratuitas, express√Ķes de mal gusto, sean ofensivas, racistas ou xen√≥fobas.
  • Hacer SPAM, (Insertar v√≠nculos de p√°ginas web sem links para o tema, corre√ß√Ķes eletr√īnicas, etc ...)
  • Coment√°rios que n√£o tem sentido com a nota no setor l√°cteo.

Related posts

ÔĽŅ
Top