#Produtores rurais argentinos convocam greve

#Produtores rurais argentinos convocam greve

As principais entidades patronais da agropecuária argentina decretaram uma paralisação nacional das atividades do campo que se estenderá da meia-noite desta terça-feira, 5, até o dia 12 de junho. O protesto deverá cessar a comercialização de todos os produtos, exceto os perecí­veis. Aderiram í  paralisação a Sociedade Rural Argentina, Confederação de Cooperativas (Coninagro) e Confederação Rural Argentina.

A mobilização acontece em função dos pacotes fiscais aprovados pelos governadores de Buenos Aires, Daniel Scioli, e de Entre Rí­os, Sergio Urribarri, que aumentaram o imposto sobre propriedades do campo em até 350%, na semana passada.

Ao anunciar a greve, os dirigentes rurais reclamaram da inação do governo da presidente Cristina Kirchner diante do agravamento da crise com os governadores. “Podemos dizer com segurança que estas omissões estão dando curso a um processo de recessão que irá do campo para as grandes cidades. í‰ o oposto do ciclo que vivemos há alguns anos, em que a Argentina saiu do estancamento das cidades graças í  força da produção rural”, disse o presidente da Federação Agrária Argentina, Eduardo Buzzi, durante entrevista coletiva.

A última mobilização do gíªnero ocorreu no inverno de 2008, quando as entidades do campo reagiram í  decisão do governo de Cristina de tentar aumentar as retenções sobre a soja, um imposto sobre exportações. O locaute de quatro anos atrás, que foi acompanhado de diversos protestos em Buenos Aires, levou a proposta a ser rejeitada pelo Senado argentino por um voto e foi determinante para que Cristina perdesse as eleições parlamentares de 2009.

Na semana passada, logo após a aprovação do pacote fiscal na proví­ncia de Buenos Aires , houve um “cacerolazo” , protesto em que os moradores batem panelas nas varandas e janelas de sua casa, em diversos bairros da capital do paí­s. A cidade de Buenos Aires não faz parte da jurisdição polí­tica da proví­ncia de mesmo nome.

A rentabilidade do setor rural argentino este ano foi afetada pela seca no verão, que provocou queda na produção de soja estimada em 20%.
Fonte: Valor Econí´mico

Toda reclamação originada das informações contidas no site de eDairy News será submetida à jurisdição dos Tribunais Ordinários do Primeiro Distrito Judicial da Província de Córdoba, República Argentina, sediado na Cidade de Córdoba, com exclusão de qualquer outro local, incluso o Federal.

*

Critérios na moderação de comentários em termos de publicação e Notícias de produtos em todas as suas publicações.

  • No sé considerarán insultos de qualquer tipo em contra de qualquer persona, sea usuario, moderador ó editor. Apenas se aceitar denuncias realizadas com nome e apelido do autor do comentario, previa confirmação de moderador.
  • Críticas destructivas infundadas e gratuitas, expressões de mal gusto, sean ofensivas, racistas ou xenófobas.
  • Hacer SPAM, (Insertar vínculos de páginas web sem links para o tema, correções eletrônicas, etc ...)
  • Comentários que não tem sentido com a nota no setor lácteo.

Related posts


Top