#Produtores rurais de Ariquemes reivindicam obras í  SEMOSP

#Produtores rurais de Ariquemes reivindicam obras í  SEMOSP

Atendendo uma reivindicação da Comunidade Sagrada Famí­lia da linha C.45 BR 364, a secretária de Obras, Mary Braganhol, esteve reunida com agricultores daquela região para tratar de assuntos referentes í  recuperação de onze quilí´metros de estrada vicinal e melhorias no estacionamento da escola Polo José de Anchieta.

De acordo com o presidente da Associação de Produtores Rurais da Comunidade Sagrada Famí­lia (AGROMIL), Dirceu Castilho, a recuperação do trecho é de fundamental importí¢ncia para a escoação da produção agrí­cola e acesso ao í´nibus escolar.

“Quando chove o caminhão que puxa o leite não entra na linha. Quando o leite fica ácido o laticí­nio não cobre os custos, ficando o prejuí­zo para o produtor rural. O í´nibus escolar não busca as crianças, deixando cerca de 12 alunos sem  frequentar as aulas”, desabafou Dirceu.

A secretária de Obras informou que o prefeito José Márcio Londe Raposo, já entrou com o pedido de aditivo para recuperação do trecho e que o deputado Lourival está acompanhando o processo em Porto Velho para viabilizar a recuperação o mais rápido possí­vel. “O projeto de engenharia será protocolado para recuperação com aditivo dos onze quilí´metros da Linha C. 45”, disse Braganhol.

O vereador João Leite (PP), acompanhou a Secretária de Obras nesta visita e destacou a importí¢ncia da mobilização das comunidades para promoção de melhorias que beneficiem o bem comum.

Autor: ASSESSORIA
Fonte: O NORTíƒO

Toda reclamação originada das informações contidas no site de eDairy News será submetida à jurisdição dos Tribunais Ordinários do Primeiro Distrito Judicial da Província de Córdoba, República Argentina, sediado na Cidade de Córdoba, com exclusão de qualquer outro local, incluso o Federal.

*

Critérios na moderação de comentários em termos de publicação e Notícias de produtos em todas as suas publicações.

  • No sé considerarán insultos de qualquer tipo em contra de qualquer persona, sea usuario, moderador ó editor. Apenas se aceitar denuncias realizadas com nome e apelido do autor do comentario, previa confirmação de moderador.
  • Críticas destructivas infundadas e gratuitas, expressões de mal gusto, sean ofensivas, racistas ou xenófobas.
  • Hacer SPAM, (Insertar vínculos de páginas web sem links para o tema, correções eletrônicas, etc ...)
  • Comentários que não tem sentido com a nota no setor lácteo.

Related posts


Top