Programa de desburocratização trará economia de R$ 1 bi ao agronegócio - eDairy News

Programa de desburocratização trará economia de R$ 1 bi ao agronegócio

O ministro da Agricultura, Blairo Maggi, anunciou nesta quinta-feira, 18, que o programa de desburocratização da Pasta, inicialmente com 60 medidas, será anunciado na próxima quarta-feira, 24, e deve trazer uma economia de R$ 1 bilhão para as empresas e para o setor do agronegócio. O anúncio, segundo ele, será feito em uma cerimônia na manhã da próxima quarta-feira, no Palácio do Planalto, com a presença do presidente em exercício, Michel Temer (PMDB).

Durante pronunciamento para produtores, após visitar a Cooperativa Regional de Cafeicultores em Guaxupé Ltda. (Cooxupé), na cidade mineira, Maggi afirmou que quando chegou ao ministério encontrou “leis em excesso, normativas, muitas delas sem nenhuma importância” e criou um grupo para, após ouvir os diversos setores do agronegócio, tomar medidas para a desburocratização. “Ouvimos 650 anotações de demanda dos setores produtivos, levamos ao ministério e vamos anunciar algumas medidas, mais de 60 que vão trazer economia de R$ 1 bilhão para as empresas e para o setor do agronegócio”, disse.

Durante a visita, Maggi foi cobrado por lideranças do setor cafeeiro principalmente por uma alta nos preços mínimos do grão, mas mandou um recado direto aos produtores rurais. “Não vamos esperar que o governo tenha recursos em caixa e que seja benevolente. Estamos no momento de crise econômica e temos que ajudar a sociedade brasileira”, afirmou o ministro.

Maggi citou ainda o seguro rural como outro exemplo de programa que deve ser atingido pelos recursos públicos limitados. “O seguro rural prevê alto índice de subvenção e nesse momento não é possível”, afirmou o ministro, lembrando que criou um grupo de trabalho no ministério coordenado pelo ex-ministro Alysson Paolinelli “para desenhar alternativas ao seguro rural”.

Indagado por um produtor rural se o governo ainda pensava em cobrar imposto de exportação sobre produtos agrícolas para cobrir rombo na Previdência Social, Maggi disse que foi chamado por Temer para tratar do assunto e que já mostrou sua posição contrária.

“O presidente me disse que temos problemas na Previdência e eu disse a ele que sabia e que não era problema da agricultura. Temer pediu para a gente fazer um estudo, e disse que já contribuímos”, afirmou. “Mas o imposto de exportação é assunto que acho que vai voltar e reafirmo que sou contrário e que temos de ficar atentos”, concluiu.

Fonte: Estado de São Paulo.

Toda reclamação originada das informações contidas no site de eDairy News será submetida à jurisdição dos Tribunais Ordinários do Primeiro Distrito Judicial da Província de Córdoba, República Argentina, sediado na Cidade de Córdoba, com exclusão de qualquer outro local, incluso o Federal.

*

Critérios na moderação de comentários em termos de publicação e Notícias de produtos em todas as suas publicações.

  • No sé considerarán insultos de qualquer tipo em contra de qualquer persona, sea usuario, moderador ó editor. Apenas se aceitar denuncias realizadas com nome e apelido do autor do comentario, previa confirmação de moderador.
  • Críticas destructivas infundadas e gratuitas, expressões de mal gusto, sean ofensivas, racistas ou xenófobas.
  • Hacer SPAM, (Insertar vínculos de páginas web sem links para o tema, correções eletrônicas, etc ...)
  • Comentários que não tem sentido com a nota no setor lácteo.

Related posts


Top