QUALIDADE DO LEITE DISTRIBUíDO NA PARAíBA TAMBí‰M FOI FRAUDADA

#QUALIDADE DO LEITE DISTRIBUíDO NA PARAíBA TAMBí‰M FOI FRAUDADA

A qualidade do leite também foi fraudada na Paraí­ba. Foi encontrado litro de leite em que mais da metade era água, e houve acréscimo de substí¢ncias como soda cáustica, para prolongar a vida do produto, diz a PF. Além disso, leite de vaca era vendido como de cabra, pois este, mais nutritivo, recebia pagamento maior.

As sete empresas de laticí­nios investigadas, segundo a polí­cia, abarcavam dois terços da produção de leite no estado. Os administradores ficaram proibidos de frequentar as próprias empresas. Segundo a PF, tríªs crimes caracterizam o esquema: formação de quadrilha, estelionato e adulteração de alimento.

– Afastamos preventivamente as diretorias de Operações e Financeira da FAC, e pedimos auditoria í  Corregedoria Geral do estado – diz Ramalho Leite, afirmando que, como entrou na FAC este ano, não teria como explicar como foi feita em 2009 a revisão de DAPs envolvidas nas irregularidades daquela época.

– Criamos uma comissão de fiscalização com FAC, Emater, a Secretaria de Agropecuária, a Agíªncia Estadual de Vigilí¢ncia Sanitária, federações de agricultores familiares e a UFPB. Antes já existia comissão, mas nós a ampliamos – completa o secretário de Agropecuária da Paraí­ba, Marinilson Batista. – O problema agora é a seca; já devemos ter perdido 90% da produção de milho e feijão. Estamos planejando, este míªs, começar a vender ração subsidiada aos produtores de leite. Há dois meses, achávamos que a distribuição do leite estaria normal em seis meses. Agora, com a seca, não prevemos mais nada.

Ramalho Leite diz que se prepara edital de licitação para nova contratação de indústrias lácteas – as que operavam no programa tinham sido contratados sem licitação em 2010:

– O que vamos tentar, para evitar que empresas investigadas participem com outro nome, como algumas já fizeram antes, é exigir que tenham tempo mí­nimo de funcionamento.

Segundo a Emater-PB, já foram recadastrados mais de dois mil produtores, mas ainda faltam serem recadastrados cerca de 50% deles. Dos que já passaram pelo recadastramento, em mais de 40% dos casos as DAPs de produtores de leite não registravam essa produção. Como as DAPs valem por seis anos, e a revisão delas é feita na renovação ou a pedido do produtor, muitos mudaram a produção, e isso não constava na DAP.

– Antes, o leite ia direto do agricultor para a empresa de laticí­nios. Agora, a Emater identifica a produção dos agricultores, inclui no sistema, envia í  FAC, e a FAC envia í s empresas a relação de produtores aptos a fornecer para o programa – diz o chefe do Núcleo de Comercialização da Emater-PB, Flavio Borghezan.

O ministério afirma que “o Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) está sendo reformulado para melhorar a fiscalização e para que possa ser ampliado. Vamos começar a pagar diretamente na conta do produtor”. Sobre o caso de Boa Vista, a pasta diz que “não há evidíªncias de que as DAPs identificadas com possí­veis irregularidades sejam as mesmas irregulares em 2009”.

Desde o lançamento do Brasil Sem Miséria, 82 mil famí­lias de agricultores familiares venderam produtos ao PAA. O orçamento para ampliar o programa em 2012 é de R$ 1,3 bilhão.

Fonte: Yahoo Notí­cias

Toda reclamação originada das informações contidas no site de eDairy News será submetida à jurisdição dos Tribunais Ordinários do Primeiro Distrito Judicial da Província de Córdoba, República Argentina, sediado na Cidade de Córdoba, com exclusão de qualquer outro local, incluso o Federal.

*

Critérios na moderação de comentários em termos de publicação e Notícias de produtos em todas as suas publicações.

  • No sé considerarán insultos de qualquer tipo em contra de qualquer persona, sea usuario, moderador ó editor. Apenas se aceitar denuncias realizadas com nome e apelido do autor do comentario, previa confirmação de moderador.
  • Críticas destructivas infundadas e gratuitas, expressões de mal gusto, sean ofensivas, racistas ou xenófobas.
  • Hacer SPAM, (Insertar vínculos de páginas web sem links para o tema, correções eletrônicas, etc ...)
  • Comentários que não tem sentido com a nota no setor lácteo.

Related posts


Top