Qualidade dos laticínios chineses melhorou, mas consumidores preferem produtos importados - eDairy News

Qualidade dos laticínios chineses melhorou, mas consumidores preferem produtos importados

A Associação da Indústria de Laticínios da China garante que 99,5% dos produtos testados no ano passado “obedecem aos padrões” e estão “livres de aditivos ilegais”, segundo um relatório citado pela agência oficial Xinhua.

Em 2008, cerca de 300 mil crianças adoeceram e seis morreram na China após ingerirem leite em pó contaminado com melamina, composto químico usado na produção de plásticos.

Após o incidente, que envolveu então a empresa líder do setor na China, a Sanlu Group, com sede na província de Hebei, mais leite contaminado foi descoberto por todo o país, gerando uma enorme procura por laticínios importados, especialmente para crianças.

O fenómeno levou a que vários países registassem sucessivas ruturas de stock.

Em Lisboa, por exemplo, a passagem de navios da marinha chinesa, em 2013, deixou farmácias e parafarmácias de prateleiras vazias, após os marinheiros chineses comprarem todo o leite em pó para bebés que encontraram.

Citada pela Xinhua, Yang Yang, que foi mãe recentemente, garante que, apesar das melhorias referidas no relatório, “irá continuar a não comprar leite em pó para o seu bebé”.

“Ninguém arrisca a vida dos seus bebés para testar a segurança do leite chinês”, afirmou.

Desde 2014, a China autoriza 31 empresas portuguesas a exportar os seus laticínios para o país.

http://www.acorianooriental.pt/noticia/qualidade-dos-laticinios-chineses-melhorou-mas-consumidores-preferem-produtos-importados

Toda reclamação originada das informações contidas no site de eDairy News será submetida à jurisdição dos Tribunais Ordinários do Primeiro Distrito Judicial da Província de Córdoba, República Argentina, sediado na Cidade de Córdoba, com exclusão de qualquer outro local, incluso o Federal.

*

Critérios na moderação de comentários em termos de publicação e Notícias de produtos em todas as suas publicações.

  • No sé considerarán insultos de qualquer tipo em contra de qualquer persona, sea usuario, moderador ó editor. Apenas se aceitar denuncias realizadas com nome e apelido do autor do comentario, previa confirmação de moderador.
  • Críticas destructivas infundadas e gratuitas, expressões de mal gusto, sean ofensivas, racistas ou xenófobas.
  • Hacer SPAM, (Insertar vínculos de páginas web sem links para o tema, correções eletrônicas, etc ...)
  • Comentários que não tem sentido com a nota no setor lácteo.

Related posts


Top