Queijo de 340 anos é descoberto em navio naufragado no litoral sueco - eDairy News

Queijo de 340 anos é descoberto em navio naufragado no litoral sueco

Os mergulhadores que acharam os restos do “Kronan”, um navio de guerra afundado em 1676 em frente ao litoral sueco, esperavam encontrar moedas, diamantes e estátuas, mas acabaram encontrando um tesouro mais fascinante: um queijo.

A misteriosa pasta, com odor de levedura e roquefort, e uma textura parecida com a de foie gras, foi descoberta dentro de um recipiente fechado hermeticamente.

“Acreditamos que é um produto lácteo. E, ao contrários dos outros, este tem um odor bastante agradável”, comentou Lars Einarsson, chefe da missão de exploração.

As condições nas quais o queijo foi achado são ótimas: o Mar Báltico tem pouco sal e o recipiente está sepultado sob uma camada de sedimentos, uma espécie de “capa de cerâmica”, que o preservou da corrosão durante séculos, segundo o arqueólogo.

O queijo do “Kronan”, um navio que explodiu durante uma batalha naval entre a frota sueca e a marinha dinamarquesa-holandesa, será analisado pela Universidade Agrícola de Uppsala, perto de Estocolmo.

O “Kronan” foi descoberto em 1980 por Anders Franzen, e nos últimos anos os exploradores retiraram cerca de 30.000 peças, entre canhões, cofres, malas, diamantes, moedas de ouro e, inclusive, farinha e vinho.

http://istoe.com.br/queijo-de-340-anos-e-descoberto-em-navio-naufragado-no-litoral-sueco/

Tags:
Toda reclamação originada das informações contidas no site de eDairy News será submetida à jurisdição dos Tribunais Ordinários do Primeiro Distrito Judicial da Província de Córdoba, República Argentina, sediado na Cidade de Córdoba, com exclusão de qualquer outro local, incluso o Federal.

*

Critérios na moderação de comentários em termos de publicação e Notícias de produtos em todas as suas publicações.

  • No sé considerarán insultos de qualquer tipo em contra de qualquer persona, sea usuario, moderador ó editor. Apenas se aceitar denuncias realizadas com nome e apelido do autor do comentario, previa confirmação de moderador.
  • Críticas destructivas infundadas e gratuitas, expressões de mal gusto, sean ofensivas, racistas ou xenófobas.
  • Hacer SPAM, (Insertar vínculos de páginas web sem links para o tema, correções eletrônicas, etc ...)
  • Comentários que não tem sentido com a nota no setor lácteo.

Related posts


Top