#Queijo em laboratório – eDairyNews Últimas notícias
Sin categoría |5 agosto, 2014

Indústria | #Queijo em laboratório

    Um grupo de pesquisadores americanos está tentando criar um queijo vegano, ou seja, um queijo que não utiliza…

 

 

Um grupo de pesquisadores americanos está tentando criar um queijo vegano, ou seja, um queijo que não utiliza leite de vaca em sua composição. Trata-se de uma produção laboratorial, que consiste na elaboração de um tipo de queijo derivado de leveduras, que foi modificado para gerar as proteínas reais do leite. O foco é que o queijo seja bem parecido com o tradicional em questões de textura e sabor, porém sem adicionar o leite extraído do animal. As pesquisas pelo queijo vegano iniciaram-se a algum tempo com o biólogo, Marc Juul, que realizou as pesquisas por meio da engenharia genética. Atualmente, o biólogo e um grupo de pessoas do Counter Culture Labs e do BioCurious tentam concluir o produto a tempo para a competição global International Genetically Engineered Machine, que irá acontecer no mês de outubro. O programa conseguiu arrecadar cerca de R$ 17 mil em um financiamento coletivo no Indiegogo. O processo para se chegar ao queijo vegano passa ainda por várias etapas. A equipe pesquisou genomas animais para chegar a sequências genéticas de proteínas lácteas. Desta maneira, as sequências genéticas são introduzidas em levedura, onde poderão produzir a proteína do leite. Posteriormente, a proteína purificada é mesclada ao substituto vegano da gordura do leite, água e açúcar para poder elaborar o leite vegano, Após todo o procedimento, o processo parar criar o queijo poderá ser iniciado.

http://www.brasiliaemdia.com.br/component/content/article/209-edicao-902/2654-empresas-a-negocios

Qualquer reivindicação decorrente das informações contidas no site eDairyNews será submetida à jurisdição dos Tribunais Ordinários do Primeiro Distrito Judicial da Província de Córdoba, República Argentina, com sede na cidade de Córdoba, com exclusão de qualquer outra jurisdição, incluindo a Federal.

Deja un comentario

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

Notas relacionadas