Representantes da bovinocultura leiteira e de corte do RS iniciam viagem

# Representantes da bovinocultura leiteira e de corte do RS iniciam viagem

Uma delegação gaúcha, liderada pelo secretário da Agricultura, Pecuária e Agronegócio, Luiz Fernando Mainardi, inicia nesta segunda-feira (16), missão de oito dias a Nova Zelí¢ndia e Austrália. Integrado por técnicos e representantes das cadeias produtivas da carne bovina e do leite, o grupo vai em busca de experiíªncias nos processos produtivos dos dois paí­ses. O tema central das observações dos gaúchos será o sistema de rastreabilidade bovina e produção leiteira.

Conforme Mainardi, o objetivo da viagem é reunir informações que devem subsidiar programas em elaboração para o melhoramento da produção de carne e de leite, que serão encaminhados í  Assembleia Legislativa ainda no segundo semestre. A experiíªncia australiana, primeiro paí­s a implantar o sistema de rastreabilidade, e da Nova Zelí¢ndia, que dá iní­cio a esse processo, são importantes para balizar o programa gaúcho.

“Vamos ver de perto o que de mais avançado possuem nesses segmentos produtivos. A Nova Zelí¢ndia, por exemplo, é lí­der mundial na produção leite e certamente temos muito a aprender com eles”, disse o secretário.

Na programação constam visitas que incluem todos os elos das cadeias produtivas, como propriedades, indústrias, centros de pesquisa e comercialização. Os compromissos oficiais da missão começam pela Nova Zelí¢ndia na segunda feira (16) e terminam na terça-feira, 24 de julho, na Austrália, quando o grupo retorna ao Brasil.
Fonte: Governo do Estado do Rio Grande do Sul

Toda reclamação originada das informações contidas no site de eDairy News será submetida à jurisdição dos Tribunais Ordinários do Primeiro Distrito Judicial da Província de Córdoba, República Argentina, sediado na Cidade de Córdoba, com exclusão de qualquer outro local, incluso o Federal.

*

Critérios na moderação de comentários em termos de publicação e Notícias de produtos em todas as suas publicações.

  • No sé considerarán insultos de qualquer tipo em contra de qualquer persona, sea usuario, moderador ó editor. Apenas se aceitar denuncias realizadas com nome e apelido do autor do comentario, previa confirmação de moderador.
  • Críticas destructivas infundadas e gratuitas, expressões de mal gusto, sean ofensivas, racistas ou xenófobas.
  • Hacer SPAM, (Insertar vínculos de páginas web sem links para o tema, correções eletrônicas, etc ...)
  • Comentários que não tem sentido com a nota no setor lácteo.

Related posts


Top