SC: Produção de queijo nobre irá movimentar a economia do Oeste Catarinense

#SC: Produção de queijo nobre irá movimentar a economia do Oeste Catarinense

Santa Catarina receberá um complexo internacional de produção de queijos, na região do extremo oeste do estado para a elaboração do grana padana, considerada a variedade mais nobre do mundo. No próximo dia 18 de agosto a Gran Mestri inicia as atividades do parque industrial de Guaraciaba, com área construí­da de 12 mil metros quadrados.

A empresa que esta há uma década no Estado, introduziu no Brasil a espécie de queijo reproduzindo as mesmas caracterí­sticas dos elaborados na Itália, e busca reconhecimento da América Latina. “Estamos focados na qualidade exigida por este queijo nobre, e no rigoroso controle diário de todos os lotes e etapas da cadeia produtiva, com o acompanhamento de mestres queijeiros europeus, para garantir a essíªncia de um produto diferenciado e especial”, explica o proprietário Acari Menestrina.

Menestrina informa que indiretamente a fábrica beneficiará mais de 1000 produtores de leite da região, e que já foram contratados 200 funcionários para a produção, todos passando por treinamento. Com faturamento previsto em R$ 150 milhões/ano, o proprietário da empresa investiu R$ 28 milhões na unidade, com capacidade para 1 milhão de quilos de queijos.

Além da tecnologia e equipamentos 100% italianos, a nova planta industrial tem localização estratégica – junto í  BR 163, entre São Miguel do Oeste e Dioní­sio Cerqueira, na rota da fronteira entre Brasil e Argentina.

Fonte: Indústria Economia SC

Toda reclamação originada das informações contidas no site de eDairy News será submetida à jurisdição dos Tribunais Ordinários do Primeiro Distrito Judicial da Província de Córdoba, República Argentina, sediado na Cidade de Córdoba, com exclusão de qualquer outro local, incluso o Federal.

*

Critérios na moderação de comentários em termos de publicação e Notícias de produtos em todas as suas publicações.

  • No sé considerarán insultos de qualquer tipo em contra de qualquer persona, sea usuario, moderador ó editor. Apenas se aceitar denuncias realizadas com nome e apelido do autor do comentario, previa confirmação de moderador.
  • Críticas destructivas infundadas e gratuitas, expressões de mal gusto, sean ofensivas, racistas ou xenófobas.
  • Hacer SPAM, (Insertar vínculos de páginas web sem links para o tema, correções eletrônicas, etc ...)
  • Comentários que não tem sentido com a nota no setor lácteo.

Related posts


Top