Situação para produtores de leite se agrava com nova queda no preço

Situação para produtores de leite se agrava com nova queda no preço

Dirigente da CNA pede que produtores de leite e indústria trabalhem em conjunto para superar momento difícil

A cada mês a situação dos produtores de leite no Brasil parece se agravar. Segundo dados do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea), em outubro, o preço do litro pago ao produtor recuou 7,3%. Com isso, o valor chegou a R$ 1,005, a quinta queda mensal consecutiva. Em Minas Gerais, maior produtor nacional, o valor médio neste ano está em R$ 1,40 o litro, contra R$ 2,20 praticado em mesmo período do ano passado.
União entre produtores e indústria pode fazer pecuária leiteira sair da <a class=crise”>

Diante da situação grave dos produtores, o Presidente da Comissão Nacional da Bovinocultura de Leite da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), Rodrigo Alvim, pede maior união entre os elos da cadeia produtiva. “A relação entre produtores e indústria é conflituosa. Temos que conversar, ser parceiros”.

Neste ano, a soma de diversos fatores fez o preço médio pago ao produtor despencar. Segundo o dirigente da CNA, no primeiro semestre do ano as vacas foram bem tratadas e com isso atingiram seu pico de produção. Dessa forma o volume produzido cresceu 5% no primeiro semestre. A nível mundial, a produção também será maior, com de 700 bilhões de litros em 2017, alta de 1,4% sobre o ano anterior.

LEIA TAMBÉM: Custos altos e baixa produtividade prejudicam competitividade da pecuária de leite

No entanto, com a crise econômica, o consumo de lácteos das famílias brasileiras foi menor, fato que também impacta de forma negativa nas cotações.

De acordo com Alvim, a falta de previsibilidade impede uma retoma de crescimento a curto prazo. “A pecuária leiteira é diferente das demais cadeias do agronegócio. O leite não é um produto que você especula. Ele tem uma rotatividade. É uma mercadoria sensível em toda a parte do mundo”.

Até mesmo por essa instabilidade, ele considera difícil fazer projeções de preços para o ano que vem, mas ressalta a importância de se controlar o excesso na oferta. “Se o mercado continuar recebendo esse volume de forma descontrolada, os preços serão ainda mais prejudicados”.

http://www.infomoney.com.br/mercados/agro/noticia/7122379/situacao-para-produtores-leite-agrava-com-nova-queda-preco

Toda reclamação originada das informações contidas no site de eDairy News será submetida à jurisdição dos Tribunais Ordinários do Primeiro Distrito Judicial da Província de Córdoba, República Argentina, sediado na Cidade de Córdoba, com exclusão de qualquer outro local, incluso o Federal.

*

Critérios na moderação de comentários em termos de publicação e Notícias de produtos em todas as suas publicações.

  • No sé considerarán insultos de qualquer tipo em contra de qualquer persona, sea usuario, moderador ó editor. Apenas se aceitar denuncias realizadas com nome e apelido do autor do comentario, previa confirmação de moderador.
  • Críticas destructivas infundadas e gratuitas, expressões de mal gusto, sean ofensivas, racistas ou xenófobas.
  • Hacer SPAM, (Insertar vínculos de páginas web sem links para o tema, correções eletrônicas, etc ...)
  • Comentários que não tem sentido com a nota no setor lácteo.

Related posts


Top