ÔĽŅ etra Pak identifica 2,7 bilh√Ķes de novos consumidores

Tetra Pak identifica 2,7 bilh√Ķes de novos consumidores para a ind√ļstria do leite

Uma nova pesquisa da Tetra Pak, l√≠¬≠der mundial em solu√ß√Ķes para processamento e envase de alimentos, identifica que 2,7 bilh√Ķes de novos consumidores ser√£o a pr√≥xima grande oportunidade de mercado para a ind√ļstria de latic√≠¬≠nios. Essa expectativa surge da popula√ß√£o de baixa renda que deve emergir nos pa√≠¬≠ses em desenvolvimento, gra√ßas ao esperado aumento da prosperidade, do poder de compra e do desejo de consumo de produtos l√°cteos l√≠¬≠quidos.

De acordo com o estudo Tetra Pak Dairy Index – que acompanha em todo o mundo fatos, n√ļmeros e tend√≠¬™ncias na ind√ļstria de latic√≠¬≠nios – o consumo de l√°cteos da popula√ß√£o de baixa renda em mercados em desenvolvimento deve aumentar de 70 bilh√Ķes de litros em 2011 para quase 80 bilh√Ķes de litros em 2014. Muitos destes consumidores passar√£o a comprar o leite embalado, ao inv√©s do leite cru.

Segundo Dennis J√≠¬∂nsson, Presidente e CEO da Tetra Pak, os consumidores de baixa renda representam quase 40% da popula√ß√£o mundial e, al√©m de viverem em economias que impulsionam o crescimento da ind√ļstria, o poder aquisitivo dessa classe est√° aumentando. “Isso representa uma das maiores oportunidades de crescimento para a ind√ļstria l√°ctea e a chave para o sucesso de amanh√£ est√° em atingir esses consumidores hoje”, defende Dennis.

Atualmente estes consumidores t√≠¬™m uma renda m√©dia de US$ 2 a US$ 8 por dia e s√£o virtualmente inalcan√ßados pelos produtores de l√°cteos. Chamados pela Tetra Pak de consumidores do meio da pir√≠¬Ęmide – ou Deeper in the Pyramid (DIP), em ingl√≠¬™s – representam cerca de 50% da popula√ß√£o dos pa√≠¬≠ses em desenvolvimento e consomem 38% dos produtos l√°cteos l√≠¬≠quidos. Metade destes consumidores DIP vivem na √≠¬ćndia e na China. A pesquisa da Tetra Pak foi focada em seis pa√≠¬≠ses, que representam mais de 76% do consumo dos produtos l√°cteos l√≠¬≠quidos destes consumidores na √≠¬ćndia, China, Indon√©sia, Brasil, Paquist√£o e Qu√≠¬™nia.

Muitos destes consumidores DIP devem ter melhor renda, passando da classe baixa para a média até o final da década, aumentando seu poder de compra e a gama de produtos que compram. O aumento do poder aquisitivo vem acompanhado de uma maior consciíªncia da segurança alimentar e a busca por conveniíªncia, de produtos prontos para beber, o que deverá aumentar a demanda por produtos embalados.

A população mundial DIP deverá cair a uma taxa composta anual de 3% de 2009-2020. A população que vive com mais de US$ 8 por dia deverá crescer 4% anualmente (CAGR), de acordo com a Boston Consulting Group, que ajudou a Tetra Pak a desenvolver a classificação DIP.

De acordo com Dennis J√≠¬∂nsson, os consumidores de baixa renda de hoje, s√£o a classe m√©dia de amanh√£. “Consideramos que esta √© uma oportunidade de ouro para os produtores de l√°cteos cultivarem a lealdade desta parcela da popula√ß√£o e criarem uma nova gera√ß√£o de consumidores de l√°cteos nos pa√≠¬≠ses em desenvolvimento”, afirma.

A Tetra Pak identificou que os latic√≠¬≠nios devem superar tr√≠¬™s desafios fundamentais. Desde j√°, os produtos devem ser economicamente acess√≠¬≠veis, atraentes e estarem dispon√≠¬≠veis para os consumidores com rendas limitadas. Isso significa que as ind√ļstrias de l√°cteos devem oferecer produtos saud√°veis, seguros, nutritivos e embalados, sem adi√ß√£o de custos insustent√°veis. Eles tamb√©m devem disponibiliz√°-los em pequenas lojas tradicionais em √°reas rurais remotas ou em cidades congestionadas, onde os consumidores DIP compram.

Inova√ß√£o e efici√≠¬™ncia ser√£o solu√ß√Ķes vitais para ajudar a ind√ļstria a desenvolver produtos, embalagens e processamento para atender √≠¬†s necessidades desses consumidores de baixa renda, de acordo com o relat√≥rio. “Temos de desenvolver produtos de maneira diferente, distribu√≠¬≠-los de forma diferente e vend√≠¬™-los de forma diferente para aumentar a disponibilidade de uma boa nutri√ß√£o nos pa√≠¬≠ses em desenvolvimento”, afirma J√≠¬∂nsson.

A Tetra Pak identificou algumas de maneiras de tornar os produtos mais acess√≠¬≠veis. Dentre elas est√° a mudan√ßa na forma como os produtos l√°cteos e as embalagens s√£o desenvolvidos. √≠‚Äį poss√≠¬≠vel utilizar, por exemplo, alternativas ao leite integral, como o soro de leite ou √°cido l√°cteo, na produ√ß√£o de bebidas l√°cteas nutritivas e saud√°veis com menor custo. Outra forma √© reduzir o tamanho das embalagens, ou optar por formatos mais simples.

Descobrir maneiras de tornar os produtos l√°cteos embalados amplamente dispon√≠¬≠veis aos consumidores DIP √© tamb√©m um desafio. Cerca de 70% das compras deste p√ļblico s√£o realizadas nos com√©rcios tradicionais e em pequenas lojas familiares. Para atingi-los, as empresas est√£o chegando de formas inovadoras e est√£o produzindo localmente onde a demanda por produtos l√°cteos l√≠¬≠quidos embalados est√° crescendo. Al√©m de unir-se com os distribuidores que t√≠¬™m um hist√≥rico de trabalhar com lojas tradicionais, os fabricantes tamb√©m investem no uso dos transportes adequados, como bicicletas, para distribuir seus produtos.

Tornar os produtos atraentes para os consumidores DIP, que se concentram em oferecer o melhor para seus filhos e, muitas vezes reduzem outras despesas antes de comprometer a alimentação nutricional básica, como leite, é o desafio final. De acordo com o Tetra Pak Dairy Index, as empresas precisam gerar vendas significativas para alcançar as economias de escala necessárias para fornecer melhor custo-benefí­cio e qualidade nutricional para os consumidores DIP. Os fabricantes precisam também criar conscientização das suas marcas e envolvimento para produtos destinados í s crianças que compram bebidas lácteas e lanches com seu próprio dinheiro.

Crescimento de produtos lácteos lí­quidos acelera entre 2011 e 2014

Ainda de acordo com a pesquisa Tetra Pak Dairy Index, a demanda por produtos l√°cteos l√≠¬≠quidos ser√° acelerada entre 2011 e 2014, principalmente pelo aumento do consumo na √≠¬Āsia, √≠¬Āfrica e Am√©rica Latina. Este consumo global deve aumentar cerca de 2,9% ao ano (CAGR) entre 2011 e 2014, acelerando dos 2,5% entre 2008 e 2011, liderado por uma forte procura nos mercados emergentes.

O consumo de bebidas √≠¬† base de √°cido l√°ctico (LAD), leites infantis e leites aromatizados devem crescer √≠¬† r√°pidas taxas entre 2011-2014. Os LAD que tendem a ser bebidas acess√≠¬≠veis e preferidas entre os consumidores DIP da √≠‚ā¨sia, devem crescer cerca de 11,9% (CAGR), seguidos pelos leites infantis CAGR 9,0% e leites aromatizados, com 4,8% (CAGR).

Segundo Dennis J√≠¬∂nsson, fornecer produtos l√°cteos saud√°veis, nutritivos e embalados para os consumidores DIP n√£o √© apenas uma oportunidade de neg√≥cio. “√≠‚Äį uma oportunidade de transformar vidas, tornar os alimentos nutritivos seguros e dispon√≠¬≠veis para uma nova gera√ß√£o de consumidores emergentes”, afirma o CEO.

Lí­der mundial

A Tetra Pak √© l√≠¬≠der mundial em solu√ß√Ķes para processamento e envase de alimentos. Trabalhando pr√≥ximo aos fornecedores e clientes, fornece produtos seguros, inovadores e ambientalmente corretos que a cada dia atendem √≠¬†s necessidades de centenas de milh√Ķes de pessoas em mais de 170 pa√≠¬≠ses ao redor do mundo.

Com aproximadamente 22.000 funcion√°rios baseados em mais de 85 pa√≠¬≠ses, a empresa acredita na gest√£o respons√°vel e abordagem sustent√°vel do neg√≥cio. O slogan PROTEGE O QUE √≠‚Äį BOM reflete sua vis√£o de tornar o alimento seguro e dispon√≠¬≠vel, em qualquer lugar.

Mais informa√ß√Ķes sobre a Tetra Pak est√£o dispon√≠¬≠veis no www.tetrapak.com.br.

FONTE

CDN
Victor Peixoto – Jornalista
Telefone: (11) 3643-2714

http://www.agrosoft.org.br/agropag/221582.htm

Toda reclama√ß√£o originada das informa√ß√Ķes contidas no site de eDairy News ser√° submetida √† jurisdi√ß√£o dos Tribunais Ordin√°rios do Primeiro Distrito Judicial da Prov√≠ncia de C√≥rdoba, Rep√ļblica Argentina, sediado na Cidade de C√≥rdoba, com exclus√£o de qualquer outro local, incluso o Federal.

*

Crit√©rios na modera√ß√£o de coment√°rios em termos de publica√ß√£o e Not√≠cias de produtos em todas as suas publica√ß√Ķes.

  • No s√© considerar√°n insultos de qualquer tipo em contra de qualquer persona, sea usuario, moderador √≥ editor. Apenas se aceitar denuncias realizadas com nome e apelido do autor do comentario, previa confirma√ß√£o de moderador.
  • Cr√≠ticas destructivas infundadas e gratuitas, express√Ķes de mal gusto, sean ofensivas, racistas ou xen√≥fobas.
  • Hacer SPAM, (Insertar v√≠nculos de p√°ginas web sem links para o tema, corre√ß√Ķes eletr√īnicas, etc ...)
  • Coment√°rios que n√£o tem sentido com a nota no setor l√°cteo.

Related posts

ÔĽŅ
Top