Torneio mostra potencial genético do bovino leiteiro em Aripuanã

#Torneio mostra potencial genético do bovino leiteiro em Aripuanã

Com o objetivo de divulgar a cadeia produtiva da bovinocultura de leite, foi realizado o 2º Torneio Leiteiro, no municí­pio de Aripuanã (1.002 km a Noroeste de Cuiabá), com a participação de onze animais, nas categorias vaca especial e tradicional, da raça girolanda. O torneio aconteceu no Parque de Exposições, de 5 a 8 de julho, e foi promovido pela Prefeitura de Aripuanã, Empresa Mato-grossense de Pesquisa, Assistíªncia e Extensão Rural (Empaer) e parceiros.

Com uma produção de 50,04 quilos de leite por dia, a vaca com o nome de ‘Favorita’ recebeu o príªmio participação pelo potencial genético. O supervisor do escritório da Empaer, Roberto Ruiz, explica que o torneio identifica o potencial produtivo do plantel, divulga novas tecnologias e promove a troca de informações entre os participantes. “Nosso objetivo é melhorar o manejo e a alimentação do gado, além de aumentar a produção leiteira em nosso municí­pio” destaca.

Com uma produção de 30 mil litros de leite/ dia, o municí­pio de Aripuanã, possui um plantel de 6 mil vacas leiteiras, com uma produção média de 8 litros de leite/vaca. Conforme Roberto, a meta é produzir 50 mil litros de leite até 2013. Em Aripuanã, estão organizando a cadeia do leite e já foram adquiridos 60 resfriadores de leite, 20 ordenhadeiras mecí¢nicas e alguns pastos estão divididos em piquetes. Cerca de 30 produtores estão fazendo silagem na propriedade para alimentar o gado.

Durante o 2º Torneio Leiteiro, com uma produção de 31,27 quilos de leite/dia, a vaca ‘Brandura’, do produtor rural, Marcos Dias Medeiros, foi classificada em primeiro lugar da categoria especial. A vaca ‘Mexicana’, de propriedade de André Luiz da Ferreira, ficou em segundo, produzindo 31,02 quilos de leite/dia.

Na categoria tradicional, o pecuarista, Goerino Eichenberg, apresentou o potencial produtivo da vaca ‘Negona’, que produziu 28,42 quilos de leite/dia. Em segundo lugar, a vaca do produtor Jaimeson Stork Silva, também chamada de ‘Negona’, atingiu a produção de 26,72 quilos/leite/dia.

Conforme levantamento dos técnicos da Empaer, 30% dos agricultores familiares exercem a pecuária de leite como atividade econí´mica, com uma produção média diária de 70 litros de leite no perí­odo das chuvas e de 40 litros na seca.

http://www.topnews.com.br/noticias_ver.php?id=13519

Toda reclamação originada das informações contidas no site de eDairy News será submetida à jurisdição dos Tribunais Ordinários do Primeiro Distrito Judicial da Província de Córdoba, República Argentina, sediado na Cidade de Córdoba, com exclusão de qualquer outro local, incluso o Federal.

*

Critérios na moderação de comentários em termos de publicação e Notícias de produtos em todas as suas publicações.

  • No sé considerarán insultos de qualquer tipo em contra de qualquer persona, sea usuario, moderador ó editor. Apenas se aceitar denuncias realizadas com nome e apelido do autor do comentario, previa confirmação de moderador.
  • Críticas destructivas infundadas e gratuitas, expressões de mal gusto, sean ofensivas, racistas ou xenófobas.
  • Hacer SPAM, (Insertar vínculos de páginas web sem links para o tema, correções eletrônicas, etc ...)
  • Comentários que não tem sentido com a nota no setor lácteo.

Related posts


Top